Todos os dias as pessoas estão rodeadas por aparelhos eletrônicos, como celulares e notebooks, sendo indispensáveis para a vida da maioria da população. Porém, o uso desses equipamentos pode gerar danos por conta da luz artificial. Então, saiba quais são  e confira como evitar.

Quais os perigos?

A exposição significativa de luz artificial durante a noite pode inibir a produção de melatonina, que é o principal hormônio que controla o ciclo do sono. Sendo assim, é um grande problema para a saúde e contribui negativamente para distúrbios de sono, além de outros problemas. Conheça alguns perigos gerados pela exposição excessiva à luz artificial.

Veja também: o que é higiene do sono e o que sua falta pode causar

1. Envelhecimento precoce

A melatonina é um potente antioxidante e tem a capacidade de atrasar o envelhecimento. Muitas horas de sono na escuridão noturna produzem mais desta substância, porém a luz artificial reduz essa quantidade cada dia mais. Mais uma vez fica comprovado os efeitos negativos que o uso de computador, tablet, smartphone, celular ou televisão podem causar.

2. Aprendizagem reduzida

Muitos professores queixam-se da desatenção dos alunos durante as aulas devido ao sono. As crianças precisam dormir cedo. E, sem o uso dos aparelhos pode-se notar a melhoria do sistema imunológico, evitando o contágio de doenças, como as gripes e alergias. Tudo por estimular o aumento da produção de melatonina no corpo do seu filho.

Hoje o uso dos celulares, tablets ou computadores faz as vezes da leitura perto da hora de dormir, sendo muito prejudicial à retina e ao globo ocular. Além disso, pode causar problemas sérios, como a degeneração macular (doença da retina que afeta a mácula) e, até mesmo propiciar o aparecimento da catarata.

3. Problemas na retina

Pesquisadores de saúde da União Europeia dizem que a luz azul pode gerar problemas a longo prazo na retina. Essa luz é emitida de notebooks e celulares, sendo altamente danosas a longo prazo, pela intensidade de uso e até mesmo distância entre os olhos e o aparelho. Tanto os equipamentos eletrônicos, quanto as queridinhas lâmpadas de LED, emitem esse tipo de luminosidade diariamente sobre você.

Que cuidados ter com a visão?

O olho é um instrumento tão importante para a percepção do mundo que rodeia cada pessoa, sendo muito importante cuidar dele. Por isso, saiba quais são os principais cuidados que se deve ter com sua visão, para que ela não sofra problemas futuramente que interfiram em sua vida.

Faça intervalos

A realização de intervalos é muito importante para preservar a saúde de seus olhos. Afinal, mexer continuamente em aparelhos, como notebooks e celulares, pode afetar diretamente a sua visão, com problemas a longo prazo e até mesmo a curto prazo.

Então, você poderá sentir fadiga e até mesmo problemas para dormir, por conta da influência dessa luz na produção de melatonina. Desse modo, fazer intervalos ajuda a reduzir o impacto dessas consequências negativas, embora não seja o suficiente para longos períodos de uso.

Consulte regularmente o oftalmologista

Não lembra da última vez que foi a um oftalmologista? É importante que você vá a uma consulta para saber como está a sua visão. Se for necessário que se use óculos, para ajustar o foco e evitar que seus olhos precisem forçar muito para enxergar, faça logo. Aliás, se você tiver astigmatismo, o brilho da tela pode ser altamente incômodo e prejudicial.

Controle a luminosidade

A luminosidade do celular ou do computador pode ser regulado, sendo muito importante que se diminua a intensidade do brilho quando estiver de noite, para forçar menos a visão. Assim, o brilho abaixo da metade é muito mais confortável para a acomodação da visão, requerendo menor esforço. Quer mais um bom motivo? Economiza bateria! Preserve sua visão saudável por mais tempo, lidando melhor com a luz artificial, de forma inteligente e preventiva.

Fonte: www.dicasonline.com/luz-artificial