A G44 Brasil apresenta um plano de pagamentos aos clientes que pode oferecer esmeraldas. De acordo com reclamações contra a empresa investigada como “pirâmide financeira”, clientes contestam a oferta de pedras preciosas como forma de pagamento.

Um dos clientes da G44 Brasil diz que investiu dinheiro na empresa, negando a oferta de joias pela plataforma. A reclamação do investidor foi registrada na plataforma Reclame Aqui.

A indignação dos usuários é expressa em reclamações que foram registradas contra a G44 Brasil. Até então, antes de oferecer pedras preciosas a empresa afirmou que pagaria aos investidores em quarenta prestações, com oito meses de carência para iniciar os pagamentos.

Pedras preciosas da G44 Brasil

A G44 Brasil é uma empresa de investimentos que prometia lucros de até 200% em pacotes da plataforma. Os negócios da G44 Brasil incluem a mineração de esmeraldas em Goiás, além de supostos investimentos em Bitcoin.

Os clientes da G44 Brasil são considerados sócios do esquema, que deixou de pagar em novembro de 2019. A nova oferta de acordo de pagamento da empresa inclui pedras preciosas, mas clientes não estão dispostos a aceitar esse tipo de pagamento.

Uma reclamação registrada no Reclame Aqui na última terça-feira (14) afirma que o plano de pagamentos é um “acordo sem lógica”. Indignado, o cliente de Brasília – DF lembra que investiu dinheiro, e não em esmeraldas.

“Eu coloquei foi dinheiro na G44 BRASIL, não pedras, vocês estão de sacanagem, muita enganação. Espero a justiça. Colocamos foi dinheiro, agora vem com todos esses ‘papo fiado’.”

imagem17-07-2020-19-07-39
imagem17-07-2020-19-07-39
Cliente pede informações para a G44 Brasil (Reprodução/Reclame Aqui)

Investigada como “pirâmide financeira” pede prazo de 30 dias

A atuação da G44 Brasil no mercado financeiro é investigada como “pirâmide financeira”. Multada pela CVM, a empresa oferecia até 200% de lucro com operações financeiras no país.

Sem pagar os investidores desde novembro de 2019, a G44 Brasil propôs três planos de pagamentos desde então. Inicialmente, a empresa disse que em 90 dias os clientes receberiam o dinheiro investido na plataforma.

Após o prazo terminar, a G44 Brasil não pagou os clientes conforme prometido. Dessa forma, foi apresentado o segundo plano de pagamento no início de junho de 2020.

Neste segundo plano de pagamentos, a empresa prometia o pagamento em até 40 parcelas, além de oito meses de carência para iniciar os pagamentos. Sendo assim, os clientes só poderia começar a receber no início de 2021.

Contudo, com o terceiro plano de pagamentos que inclui pedras preciosas, a G44 Brasil promete iniciar os pagamentos em trinta dias. Segundo a reclamação de um dos clientes da empresa que vive em Saltinho – SP, foi prometido juros diante do valor investido no esquema.

O investidor fala que precisa de maiores informações sobre como proceder com a oferta de pedras preciosas. Ele não sabe como revender o item oferecido pela G44 Brasil como oferta de pagamento aos clientes com saques em atraso.

“”Foi me enviado um novo acordo onde pelo menos diz que pagaram todo meu capital investido e com juros e com prazo de 30 dias. Até aí tudo ok, mas será feito em pedras preciosas e esmeraldas? Não entendi, onde e como irei vender isso?”

Denunciada pelo SBT como “golpe bilionário”, a G44 Brasil pode ter feito 10 mil vítimas com a promessa de lucro fácil. Segundo o Cointelegraph, um cliente da empresa demonstrou surpresa ao saber que a empresa investia em criptomoedas.

Em entrevista ao canal de televisão, o cliente fala que estava ciente sobre o investimento em esmeraldas, mas desconhecia investimentos em Bitcoin da G44 Brasil.

“Na época quando fui fazer o contrato, eles falaram para mim que era investimentos em esmeraldas, não em criptomoedas.”

Leia Mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/customers-contest-g44-brasils-payment-plan-with-gems

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here