O ministro venezuelano de Habitação Ildemaro Villarroel anunciou hoje que as operações de mineração de criptomoedas não serão permitidas em nenhumm prédio ou bairro estatal que faça parte do projeto “Gran Misión Vivienda” (Grande Missão Doméstica).

Durante um discurso oficial em 15 de julho, Villaroel afirmou que qualquer tipo de equipamento relacionado à mineração cripto é proibido em habitações públicas devido ao “alto consumo de energia” e por “violar” amplamente a política de fornecimento de energia elétrica do governo.

O ministro acrescentou:

“Neste trabalho coordenado, detectamos os efeitos nocivos desses elementos de alta demanda elétrica nas casas públicas do projeto Gran Misión Vivienda.”

Gran Misión Vivienda é um plano do governo venezuelano de conceder moradia a cidadãos de baixa renda em meio a uma longa crise econômica que o país já estava enfrentando antes do surgimento do COVID-19.

Sistema de energia ineficiente

Villarroel diz que as atividades de mineração cripto podem prejudicar a distribuição do fornecimento de energia em todos os bairros. Mas os críticos da medida, principalmente por meio das mídias sociais, apontam que a Venezuela foi negligente na melhoria do sistema local de fornecimento de energia elétrica. A questão foi maior após uma paralisação elétrica nacional em 2019, como resultado da falha da barragem hidrelétrica “Guri”.

Recentemente, a Guarda Nacional Bolivariana de Puerto Ordaz apreendeu 315 máquinas de mineração de Bitcoin (BTC) fabricadas pela Bitmain. Os proprietários das plataformas de mineração foram informados de que não possuíam as permissões necessárias para possuir e operar as máquinas.

LEIA MAIS

Fonte: cointelegraph.com.br/news/venezuela-bans-crypto-mining-from-public-housing

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here