ANÚNCIO

Assim como em muitos países, a Bolívia tem sofrido drasticamente com a pandemia do novo coronavírus. Regiões mais quentes e pobres sentiram um maior impacto com a doença e vários pastores perderam a vida por causa da covid-19.

ANÚNCIO

Vicente, que é médico cristão em La Paz, disse que foi preciso tornar mais rígida a quarentena em algumas regiões, devido o alto índice de contaminação.

Infelizmente, diante desse quadro, muitas mortes ocorreram, inclusive de pastores que ajudavam pessoas que não podiam sair de casa e coisa semelhante, como prisões e centros de saúde, segundo o Conselho Nacional Cristão da Bolívia (CNCB) e a Associação de Igrejas Cristãs da cidade de Santa Cruz

“Temos um relatório sobre cerca de 40 pastores na região leste e cerca de 60 na região oeste que morreram [devido a Covid-19]”, disse o pastor Luis Aruquipa Carlo, presidente do CNCB.

ANÚNCIO

Também existem outros líderes evangélicos lutando pela vida nos hospitais nesse momento, segundo o Evangelical Focus.

ANÚNCIO

Segundo Belfort Githire, que é vice-presidente da Associação de Igrejas Cristãs da cidade de Santa Cruz, essas contaminações ocorreram durante os trabalhos de assistência “ao ajudar pessoas que não podiam fazer compras, coletar alimentos e ajudando a fornecer ‘panelas comuns”‘.

Ele também relatou que todos os líderes tomaram as devidas precauções de prevenção à doença, mas mesmo assim foram contaminados, pois a imunidade deles não eram tão fortes devido a existência de doenças pré-existentes como diabetes, chagas e outras.

Os evangélicos de La Paz estão colaborando ativamente com o governo nessa situação tão difícil, e continuam com seu ofício servindo à comunidade. Inclusive, eles têm oferecido a estrutura de suas igrejas para socorrer os infectados, uma vez que os hospitais se encontram sobrecarregados.

ANÚNCIO

“E vamos continuar pregando nas comunidades, nas ruas. Nós vamos continuar visitando os doentes, aqueles que estão privados de liberdade, e vamos fazer isso seguindo as medidas de segurança”.

ANÚNCIO

O médico Vicente ainda disse que muitos profissionais de saúde contraíram a doença, e alguns vieram a óbito.

Ele pede orações “para que as infecções não cresçam exponencialmente, para que possamos conter o número de doentes, para que diminua o número de profissionais de saúde infectados e que sua evolução não seja letal”.

Vicente segue com o seu trabalho exercendo sua fé e compartilhando a Palavra de Deus com pacientes e profissionais da saúde.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/100-pastores-morreram-vitimas-do-coronavirus-enquanto-ajudavam-pessoas-na-pandemia.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here