Craig Jones, um lutador de Jiu-Jitsu residente na Austrália, revelou que ele era uma das almas pobres que perdeu seu Bitcoin.

De acordo com uma publicação de 16 de julho no blog CoinJar, o ex-campeão mundial de 29 anos da Federação Internacional Brasileira de Jiu-Jitsu e bicampeão do Abu Dhabi Combat Club Trials, comprou o Bitcoin (BTC) em 2015 quando valia aproximadamente US$ 200-400. No entanto, ele não conseguiu lucrar quando o preço chegou a US$ 20 mil em dezembro de 2017. Jones disse:

“Eu e alguns colegas compramos Bitcoin por dinheiro e também como piada e esquecemos quase imediatamente. Então, quando as coisas ficaram loucas, alguns anos depois, estávamos todos tentando freneticamente descobrir quem tinha a senha, mas ninguém conseguia se lembrar como recuperar nossa conta.”

Jones, conhecido por utilizar chave de pernas para vencer seus oponentes, também recebeu prêmios em dinheiro em criptoativos. O lutador recebeu US$ 1.000 em Bitcoin Cash (BCH) como parte de um prêmio por vencer uma luta no Reino Unido. A CoinJar, exchange de Melbourne, também anunciou que patrocinaria Jones com criptomoeda por meio de sua conta na exchange. 

Cripto não é estranha para lutadores

Muitos nomes de destaque em organizações de luta em todo o mundo começaram a aceitar criptomoedas e pagamentos digitais. Jon Fitch, lutador do Ultimate Fighting Championship (UFC), se tornou um dos primeiros no MMA a ser pago em BTC em 2015. O Cointelegraph também informou em abril que o lutador do UFC Ben Askren usou sua conta no Twitter para promover o halving do Bitcoin em 11 de maio.

Leia mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/brazilian-jiu-jitsu-champion-says-he-lost-bitcoin-bought-in-2015

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here