Construção de novas UPAs tem trabalhos intensificados – Agência Brasília
Construção de novas UPAs tem trabalhos intensificados – Agência Brasília
Construção de novas UPAs tem trabalhos intensificados – Agência Brasília

Obras seguem em ritmo ágil, reforçando a previsão de que UPAs estejam concluídas até o fim do ano| Foto: Divulgação / Iges-DF

 

Moradores de Ceilândia, Paranoá, Brazlândia, Riacho Fundo, Gama, Vicente Pires e Planaltina terão, em breve, o que comemorar: seguem em ritmo acelerado os trabalhos de construção das novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em cada uma dessas cidades. O investimento total nas obras, a serem concluídas até o fim deste ano, é de R$ 28,1 milhões.

“A entrega das novas UPAs está entre as principais metas do Iges-DF [Instituto de Gestão Estratégica em Saúde do DF]  para ampliar o acesso da população aos serviços de saúde, especialmente porque são portas de entrada de urgência e emergência e vão ajudar a desafogar os prontos-socorros dos hospitais no DF”, informa o diretor-presidente do instituto, Sergio Costa.

A caminho da conclusão

Nas três UPAs com obras mais avançadas – Ceilândia, com 37% de conclusão; Paranoá, com 34%; e Brazlândia, com 31% –, já foram finalizadas terraplanagem, fundação e baldrames (vigas horizontais de madeira que correm ao longo dos alicerces). Agora, caminham para conclusão a parte de alvenaria e a supraestrutura (pilares e vigas), bem como a execução de laje. No Riacho Fundo e no Gama, estão prontos terraplanagem, fundação, baldrames e parte de alvenaria e supraestrutura.

A área construída de cada unidade é de aproximadamente 1,2 mil metros quadrados. Cada UPA terá capacidade de atender 4,5 mil pessoas por mês, totalizando 31.500 mil atendimentos nas sete unidades. Ao todo, o reforço será de 42 leitos de observação, 14 de emergência e sete de isolamento.

4,5 milEstimativa de atendimentos mensais em cada uma das sete novas UPAs

As unidades terão área para classificação de risco e primeiro atendimento, consultórios e salas de urgência, de observação (e de isolamento. Também haverá uma área destinada a nove poltronas de medicação, reidratação e inalação. Para reforçar essa estrutura, o Iges-DF vai aplicar R$ 7 milhões na compra de equipamentos médico-hospitalares.

R$ 7 milhões Verba a ser empregada pelo Iges-DF na compra de equipamentos

Confira, abaixo, os endereços das novas UPAs.

  • Brazlândia: Q 37, AE 1, posto de saúde, Vila São José.
  • Paranoá: Quadra Comercial 1 AE 4, EPC, Paranoá Parque.
  • Gama: QI 7, Área Reservada 2, Setor de Indústria.
  • Ceilândia: QNO 21, AE , Expansão do Setor O.
  • Vicente Pires: Rua 10, Chácara 136.
  • Riacho Fundo II: QN 31, Conjunto 3, Lote 1.
  • Planaltina: Quadra 22, MD 1, Lote AE1, Setor Habitacional Mestre d’Armas.

* Com informações do Iges-DF

Relacionado

Comentários

Atenção! Os comentários do Jornal Fogo Cruzado DF são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.

imagem18-07-2020-20-07-52
imagem18-07-2020-20-07-52

Fonte: fogocruzadodf.com.br/noticias/brasil/politica/construcao-de-novas-upas-tem-trabalhos-intensificados-agencia-brasilia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here