ANÚNCIO

A onda de ataques feitos por integrantes do movimento Black Lives Matter a cristãos nos Estados Unidos continua, e o mais recente se deu através do vandalismo a uma estátua representativa de Jesus Cristo em uma igreja.

ANÚNCIO

O movimento tem se tornado cada vez mais agressivo, após um dos principais influenciadores incentivar os militantes a vandalizarem e/ou destruírem monumentos artísticos que representem Jesus com as características de um homem branco.

Recentemente, manifestantes agrediram fiéis que tentavam entrar no templo de uma Igreja Batista no estado de Nova York. O pastor da congregação foi um dos que sofreram verbal e fisicamente após tentar proteger famílias que chegavam para o culto.

O caso da destruição da estátua, que teve a cabeça arrancada, foi registrado no condado de Miami-Dade, na Flórida. O responsável pela paróquia Bom Pastor, padre Edivaldo da Silva, brasileiro, contou que descobriu a vandalização da peça de arte na última quarta-feira, 15 de julho.

ANÚNCIO

“Este incidente entristeceu a comunidade”, disse a paróquia Bom Pastor em comunicado. “É muito cedo para chegar a qualquer conclusão, mas vimos outras igrejas vandalizadas em todo o país. Condenamos totalmente essa ação. Convidamos nossa comunidade a orar pela paz”, acrescentou o texto, de acordo com informações da Fox News.

ANÚNCIO

A Arquidiocese de Miami afirmou que espera a conclusão do trabalho da Polícia, e pediu que se “investigue esta profanação como um crime de ódio”. Enquanto isso, a paróquia optou por contratar um guarda noturno.

“A estátua, localizada fora da igreja, era de propriedade privada e sagrada”, disse à Fox News a porta-voz da Arquidiocese de Miami, Mary Ross Agosta.

Entretanto, não foi apenas o templo católico que sofreu vandalismo: dias antes, no domingo, 12 de julho, a Primeira Igreja Presbiteriana Unida no centro de Fairmont, no estado da Virgínia, teve duas janelas destruídas pelo lado de fora, além de danos ao jardim. Os vitrais tinham mais de um século, pois o templo foi construído em 1916, e nunca houve vandalismo.

ANÚNCIO

O pastor da igreja, D.D. Meighen, comentou que havia sinais de tentativas de apedrejamento em outras partes do prédio, que não tiveram sucesso porque as janelas estavam protegidas por uma cobertura plástica. “Estamos agradecidos por ninguém ter sido ferido e nenhuma morte ter ocorrido. E realmente esperamos que isso não aconteça com mais ninguém ou qualquer outra igreja”, pontuou o dirigente da congregação em entrevista ao canal WBOY12.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/vandalismo-igrejas-estatua-jesus-decapitada-137507.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here