imagem21-07-2020-20-07-39
imagem21-07-2020-20-07-39

Arte comtemporânea pós mídias digitais: curso online da KURA e Iguatemi vai apresentar nomes relevantes da produção artística contemporânea nacional e internacional  (Paolo Cirio/Divulgação)

Em tempos de quarentena, o público não tem visto seus quadros prediletos de perto. A realidade de museus e galerias fechados, eventos como a SP-Arte cancelados e outros adiados, como a 34ª Bienal de São Paulo, tem deixado os amantes de arte inquietos em casa. Mas o novo cotidiano imposto pelo novo coronavírus mostrou a força da arte no mundo digital e como esse mercado já estava bem adaptado à vida online.

O mercado de arte contemporânea está conseguindo sobreviver, e muito bem, no ambiente virtual. Muitas compras nesse segmento já aconteciam sem que o interessado tivesse visto a obra ao vivo, apenas por imagens nas redes sociais. Com a pandemia, isso se tornou ainda mais comum. Também nessa nova realidade, museus passaram a investir em conteúdo online, como tour virtuais. 

Se artes que dependem do suporte físico e da presença no público no local, como a street art, sentiram o golpe da quarentena e agora buscam se reinventar no mundo online, outros trabalhos contemporâneos, que têm como suporte mídias digitais, softwares e dados, têm se destacado e chegam aos espectadores em seus quartos e salas com facilidade.

Diante desse tema, mais urgente do que nunca em 2020, a Kura, casa de curadoria fundada por Camila Yunes, oferece a partir de amanhã, 22, o curso “Arte contemporânea pós-mídias digitais”. Em parceria com o Iguatemi São Paulo, o curso de quatro aulas, uma por semana, pretende mostrar aos interessados a criação artística atual e as experiências culturais que emergem no contexto das redes.

Ministrado por Giselle Beiguelman, artista e professora na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, o curso quer superar o binômio já desgastado “arte e tecnologia” ou abordar trabalhos contemporâneos como se ainda usassem “novas mídias.” Em 2020, a cultura já foi digitalizada, as mídias sociais e outras tecnologias já são uma realidade e os artistas usam com plena confiança as ferramentas do século 21. Hora, agora, de pensar nas suas novas particularidades estéticas, políticas e sociais da arte e da imagem.

As aulas vão desmistificar as relações entre arte contemporânea e arte tecnológica, introduzir conceitos e temas aos alunos e trazer exemplos nacionais e internacionais. Após a primeira aula, de introdução sobre as relações entre arte e tecnologia no campo da arte, os encontros serão temáticos, abordando “Cinemas expandidos: a imagem além-tela”, com exemplos de artistas como Nam June Paik e Wodiczko; “Overdocumentação e memória: a imagem nas redes”, com artistas como Natalie Bookchin e Maurizio Cattelan; e “Novos formatos: da cultura remix aos deepfakes”, com exemplos de Mark Amerika e Francesca Panetta.

Arte comtemporânea pós mídias digitais: curso da KURA e Iguatemi com Giselle Beiguelman
Arte comtemporânea pós mídias digitais: curso da KURA e Iguatemi com Giselle Beiguelman
Arte comtemporânea pós-mídias digitais: curso da Kura e Iguatemi com Giselle Beiguelman

Arte comtemporânea pós-mídias digitais: curso da Kura e Iguatemi com Giselle Beiguelman (KURA/Divulgação)

Arte Contemporânea Pós-Mídias Digitais

Com Giselle Beiguelman

De 22/7 a 12/8, das 12h às 13h15 – as aulas também ficarão gravadas para acesso posterior

Inscreva-se aqui.

Mais informações: hello.kuraarte.com.br

Fonte: exame.com/casual/curso-online-traz-arte-contemporanea-pos-midias-digitais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here