Documento no computador para escrever
Documento no computador para escrever

 (vladwel/Getty Images)

O foco da pontuação é a organização – termo este que subentende sintaxe, ordem também. Abaixo identificaremos o sistema sujeito-verbo-complemento:

“Em 2020, o Supremo analisará antigos processos.”

(Adv.), S – V – C.

Vejamos agora algumas inadequações presentes no dia a dia:

Quem estuda, passa! (S – V – C)

Quem ama, educa! (S – V – C)

O maior problema, é a falta de Deus. (S – V – C)

Sua inveja, é o meu combustível. (S – V – C)

Regra: não se separa sujeito e predicado por meio de vírgula isolada. Não há vírgula unitária no meio do sistema S-V-C.

Repetindo: em nenhuma dos quatro sentenças acima, haveria necessidade de uso de vírgula – justamente por se observar o sistema Sujeito – Predicado.

Veja também

OUTRAS FUNÇÕES DA VÍRGULA:

 

a) Para separar vocativos e apostos explicativos:

A Ecologia, ciência que investiga as relações dos seres vivos, deve ser objeto de estudo.

“Senhor, perdão! Eu não rezei direito!” (Vocativo, também chamado de apóstrofe)

b) Para enumerações:

“A canção Pulso cita várias doenças: peste bubônica, câncer, pneumonia, raiva, rubéola, tuberculose, catapora, culpa, cãimbra, lepra etc.”

Vale lembrar: Para a maioria dos estudiosos, não se usa vírgula antes de etc.

c) Isolamento de topônimos (nomes de lugar):

Brasília, 21 de julho de 2020.

d) Separação de orações coordenadas assindéticas:

“Andava, estacava diante de uma loja, atravessava a rua, detinha um conhecido.”

e) Vírgula e termos subentendidos:

“João Bosco canta Corsário; Tim Maia, Vale Tudo.” (Tim Maia canta…)

“No Congresso, apenas quatro ou cinco convidados deputados.” (No Congresso, havia…)

f) Conclusão de ideia:

“Mas diga-me uma cousa, essa proposta traz algum motivo oculto?”

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS http://www.ARRAISCURSOS.com.br YouTube: MesmaLíngua Professor de Língua Portuguesa Fundador do ARRAIS CURSOS

Fonte: exame.com/carreira/nunca-mais-erre-o-uso-da-virgula-apos-esta-licao-de-portugues

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here