O esquema da GenBit com Bitcoin foi denunciado em uma reportagem do Cidade Alerta na TV Record. Segundo uma das vítimas que perdeu dinheiro, o esquema é liderado por um “servo do diabo”.

Além disso, a advogada Daniela Panzonatto diz que parentes do líder da GenBit podem indicar onde está o dinheiro dos investidores. Representando mais de 50 vítimas da empresa, Panzonatto acredita que o dinheiro da GenBit está no exterior.

Vítimas que perderam dinheiro na GenBit foram atraídas pela promessa lucro fácil envolvendo investimentos em Bitcoin. Segundo a reportagem, a porcentagem de lucro da plataforma podia atingir até 20% ao mês.

Vítimas que caíram no golpe GenBit

Uma vítima que perdeu mais de R$ 200 mil na GenBit revela grande indignação com o negócio de investimentos. O ex-cliente da GenBit fala que perdeu dinheiro da empresa que é dono, além de cotas investidas por familiares.

O empresário conta que foi atraído pela confiança empregada no líder da empresa, que dizia ser “servo de Deus”. No entanto, para o investidor empresário por trás da GenBit pode ser considerado um “servo do diabo”.

“A gente tinha investido uma grande quantidade de dinheiro. Só no meu nome investi ‘cinquenta e poucos mil’(reais) , no nome da minha esposa ‘cinquenta e poucos mil’, no nome da minha empresa e da minha cunhada. Aonde a gente contou com a confiança do Nivaldo, porque ele falava que era servo de Deus. Ele é servo do diabo.”

Outra investidora entrevistada pelo Cidade Alerta fala que investiu R$ 150 mil na GenBit. Assim como os demais clientes, ela deixou de receber os rendimentos da empresa que podiam alcançar até 20% ao mês.

imagem27-07-2020-18-07-01
imagem27-07-2020-18-07-01
Cidade Alerta denuncia GenBit (Reprodução/TV Record)

A usuária diz que desde o final de 2019 os pagamentos da GenBit foram suspensos. Dessa forma, ela não recebeu mais nenhum dinheiro do esquema, inclusive o capital investido.

“Eu investi R$ 150 mil. E pararam de pagar os rendimentos desde setembro de 2019. Não recebi meu capital investido, nem mesmo o valor prometido.”

Dinheiro investido em Bitcoin está no exterior

Daniele Panzonatto afirma que o dinheiro da GenBit pode estar no exterior. A advogada representa investidores do negócio e procura reaver judicialmente o dinheiro de volta de 50 clientes insatisfeitos com os pagamentos em atraso.

Em entrevista, Panzonatto explica que o dinheiro da GenBit está fora do Brasil. Por outro lado, a advogada adverte que parentes do líder da empresa sabem informações sobre o dinheiro investido no esquema.

“A Justiça tem feito o possível, porém, esse dinheiro foi provavelmente para fora do Brasil. E tem alguns familiares deles aqui, que eu tenho conhecimento que sabem onde está esse dinheiro. Nós precisamos agir rápido para que possamos ressarcir essas pessoas que foram lesadas.”

A advogada é categórica ao afirmar que o líder da GenBit constituía uma “quadrilha”. No total, ela aponta que a “empresa lesou mais de 45 mil pessoas”. Daniele afirma também que o líder da plataforma responde por estelionato, no interior do país.

“Eu represento 50 clientes atualmente da GenBit. Uma empresa de Bitcoins que lesou 45 mil pessoas no Brasil e no exterior. Entendo ser uma quadrilha liderada pelo Nivaldo. Uma pessoa já conhecida criminalmente, já responde processo por estelionato em Sete Quedas, Mato Grosso.”

Leia Mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/lawyer-knows-where-genbit-money-is-a-bitcoin-scheme

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here