A Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) lançou uma nota condenando as declarações do apresentador paulista Celso Russomano, que disse durante o polêmico programa Cidade Alerta, da TV Record, de terça-feira desta semana que “quem ganha dinheiro” com Bitcoin “está dando golpe”.

Toda a polêmica começou durante o programa policial Cidade Alerta, famoso pelo tom conservador e sensacionalista – características também muitas vezes atribuídas também a Russomano, que começou no extinto programa Aqui e Agora, uma espécie de matriz dos anos 1990 para os programas policiais do país.

Durante o programa, Russomano associa o mercado de criptomoedas a grupos criminosos, colocando golpistas e empresas que formam a criptoeconomia brasileira, a maior da América Latina, no mesmo barco:

“Tem gente ganhando dinheiro com isso? Tem. Sabe quem ganha dinheiro com isso? Quem tá dando o golpe. Pode ter certeza.”

Em nota, a ABCripto, que representa algumas grandes empresas que formam a comunidade cripto no país, reagiu em nota, classificando a declaração do virtual candidato a prefeito de São Paulo de “desserviço” e lamenta o desconhecimento de Russomano sobre o assunto:

A Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto) vem a público lamentar a total falta de conhecimento de Celso Russomanno sobre o bitcoin e o funcionamento do mercado no Brasil. É inadmissível o tratamento dado na edição de 25 de julho de 2020 do programa Cidade Alerta, da TV Record.

A ABCripto representa as principais empresas do setor, que atendem rígidos procedimentos de segurança e padrões operacionais de acordo com a Instrução Normativa n. 1888 da Receita Federal.

Os agentes criminosos que se utilizaram de criptoativos têm tido cada vez mais dificuldades para ocultar as transações, graças aos avanços no monitoramento.

Russomanno, portanto, promove um desserviço quando diz todos aqueles absurdos durante o programa – e desconsidera por completo as milhões de pessoas que operam legalmente criptoativos.

Seria natural supor que Russomanno tivesse dúvidas acerca do tema e é justamente por isso que estamos aqui. Seria mais simples, ao invés de reduzir o bitcoin a um grupo criminoso, buscar entender o funcionamento para oferecer as informações corretas à audiência do programa.

Associação Brasileira de Criptoeconomia – ABCripto

Depois do BTC ser usado para aplicar golpes por diversos criminosos em 2019, as autoridades têm conseguido identificar e cobrar os responsáveis pelos desfalques em investidores. Desde a queda da Unick Forex, em outubro de 2019, uma série de pirâmides foi identificada e já enfrentam investigações e processos criminais na Justiça.

Muitos líderes de pirâmides financeiras também fugiram do país para não responderem às autoridades por seus crimes.

LEIA MAIS

Fonte: cointelegraph.com.br/news/abcripto-condemns-celso-russomanos-statements-about-bitcoin-a-disservice

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here