O governo federal cancelou uma licitação que visava a criação de um sistema blockchain para a Imprensa Nacional. Responsável pela publicação do Diário Oficial da União (D.O.U), a licitação buscava a contratação de uma empresa especializada na tecnologia blockchain.

A licitação pretendia desenvolver dois sistemas operacionais através da blockchain, além de outros serviços como treinamento e consultoria sobre a tecnologia. Responsável por publicações oficiais do governo como o D.O.U., o sistema licitado deveria permitir a integração entre a Imprensa Nacional e outros órgãos.

Dessa forma, o governo federal pretendia disponibilizar quase R$ 1 milhão pelos serviços relacionados a licitação envolvendo a tecnologia blockchain. O valor estimado refere-se aos dois sistemas que seriam desenvolvidos, além de serviços de consultoria e instalação de softwares.

Governo pretendia gastar R$ 1 milhão com blockchain

O governo federal pretendia gastar quase R$ 1 milhão em uma licitação de produtos relacionados à tecnologia blockchain. No entanto, o pregão foi cancelada nesta sexta-feira (31) de acordo com o Diário Oficial da União.

Sem justificativa para o cancelamento da licitação, a publicação apenas menciona que o edital foi anulado. Com a modalidade de menor preço, os custos da licitação foram orçados em R$ 945.223,26, segundo a pretensão de gasto do governo federal.

“Fica anulada a licitação supracitada, referente ao processo Nº 00034003502201913. Objeto: Pregão Eletrônico – O objeto desta licitação é a Contratação, sob o Sistema de Registro de Preços, de empresa especializada para o fornecimento de solução para criação e governança de rede compartilhada com tecnologia Blockchain de bases de dados distribuídas que possibilite o desenvolvimento de ecossistemas que tragam controle, transparência, confiabilidade e auditabilidade de processos e envolvam demais órgãos da administração pública, conforme condições, quantidades e exigências do edital.”

Edital previa contratação de consultoria

No orçamento aparece dois softwares desenvolvidos através da tecnologia blockchain entre os itens publicados na licitação que foi anulada. Segundo previsão de custo, cada software poderia ser contratado por cerca de R$ 270 mil.

A licitação apresentava ainda treinamento em tecnologia blockchain para servidores lotados no órgão da Imprensa Nacional.

“O treinamento deverá ser presencial e não poderá ser meramente expositivo. Deve contemplar também o uso prático da solução e o desenvolvimento de estudos de caso. No caso de o treinamento ser realizado nas dependências da Imprensa Nacional, as instalações e recursos audiovisuais serão providos pelo órgão.”

Além do licenciamento do software, a licitação apresentava custos relacionados a instalação e configuração dos sistemas que seriam desenvolvidos a partir da tecnologia blockchain. Nesse caso, os custos foram projetados em mais de R$ 50 mil.

Consultoria em tecnologia da informação é outro item descrito na licitação sobre a tecnologia blockchain. No total, a licitação apresentava 840 itens relacionados a consultoria, com um custo total previsto em R$ 234 mil.

Leia Mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/government-cancels-bidding-for-blockchain-system

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here