ANÚNCIO

O transexual Léo Áquilla teceu críticas às igrejas que pregam que o pecado leva ao inferno, durante uma entrevista concedida à apresentadora Luciana Gimenez, do Superpop.

ANÚNCIO

Jornalista, Léo Áquila fez a transição de masculino para feminino, e contou que não se encaixou na mensagem que era pregada na igreja evangélica, pois considerava que as pregações contra o pecado tinham como foco atingir pessoas com atração pelo mesmo sexo.

“Quando eu fui evangélica, eu não me sentia enquadrada naquele quadrado, entendeu, toda semana tinha um papo de que eu ia pro inferno”, disse, no programa veiculado pela RedeTV!. “Então aquilo me incomodava muito porque eu queria ter esse Jesus, eu queria estar com esse Jesus”, acrescentou.

Dizendo que, embora a pregação não fosse direcionada, causava incômodo. A apresentadora, então, interpelou, comentando que Léo Áquilla chegou a ter um filho, o que foi confirmado: “Tive um filho naquela época para provar para a igreja que eu estava liberta”, disse, acrescentando que acredita que muitas pessoas fazem coisas para convencer terceiros.

ANÚNCIO

“Foi aí nesse momento que eu entendi, depois que meu filho já tinha nascido e que os desejos continuavam, bom é muito fácil dizer que eu não me entreguei 100% e por isso eu não fui liberta, né é muito fácil, é cômodo para as pessoas ter essa desculpa”, completou Léo Áquilla.

ANÚNCIO

Léo Áquilla acrescentou que a seu ver as pessoas não deixam de ser o que são, mesmo que abram mão de seus ímpetos: “Eu se quisesse ter continuado menino, nunca mais ter transado com homem, nunca mais ter conhecido outro homem eu conseguiria, mas natural não ia ser”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O @oficialsuperpop destacou um assunto polêmico: religião. No palco, Léo Áquilla falou de sua conversão e explicou por que decidiu deixar de frequentar igreja evangélica. . . . #SuperPop #LucianaGimenez #LéoÁquilla #Televisão #RedeTV

Uma publicação compartilhada por RedeTV! (@redetv) em 4 de Ago, 2020 às 10:03 PDT

Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos e trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis. Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos dos seus corações, para a degradação dos seus corpos entre si. Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém. Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão. Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam. Tornaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão cheios de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; inventam maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais; são insensatos, desleais, sem amor pela família, implacáveis.

ANÚNCIO

Romanos 1:22-31

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/leo-aquilla-nao-sentiu-igreja-evangelica-papo-inferno-138164.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here