Após atingir a marca dos 100 mil mortos pela covid-19, no último sábado, (8), o Brasil registrou 572 novos óbitos e 23.010 mil novos casos da doença nas últimas 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O total de vidas perdidas desde o início da pandemia chega a 101.049 mil.

:: As 100 mil mortes por covid-19 no Brasil e a urgência de um plano emergencial ::

O estado de São Paulo continua liderando em números de casos (627.126 mil) e de mortes (25.114 mil). A Bahia aparece em segundo lugar e soma 193.029 mil contaminações e 3.953 mil óbitos. O terceiro estado com maior proliferação da doença é o Ceará, com 188.542 mil pessoas infectadas e 7.954 mil mortes decorrentes do novo coronavírus. 

:: Homem, idoso e cardiopata: o perfil mais comum entre as 100 mil vítimas da covid-19 ::

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Verdades e mentiras sobre a covid-19: o que diz a ciência?

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Michele Carvalho

Source link

Fonte: fogocruzadodf.com.br/brasil/2020/08/09/brasil-registra-572-mortes-por-covid-19-nas-ultimas-24-horas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here