A Apple superou o Produto Interno Bruto brasileiro de 2019 em valor de mercado. Ao alcançar capitalização de U$1,85 trilhões em meio ao rali das Big Techs, a Apple torna-se a empresa mais valiosa da história e a primeira a valer mais de US$ 1 trilhão.

A marca Apple é uma das mais valiosas do mundo, alternando no topo com Amazon e Google.

Já pelos dados do IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2019 foi da ordem de R$ 7,3 trilhões, ou US$ 1,34 trilhões, valor quase 500 bilhões atrás do market cap da Appla, e só cresceu 1,1% no período, menor crescimento nos últimos 3 anos. 

A renda per capita por habitante teve alta de apenas 0,3% em 2019, alcançando R$ 34.533 em 2019. 

imagem10-08-2020-19-08-32
imagem10-08-2020-19-08-32

Imagem: G1

O faturamento das Big Techs (Apple, Amazon, Alphabet, Facebook e Microsoft) combinado totalizou US$ 900 bilhões em receitas em 2019, maior que o PIB de quatro das nações do G20.

Em comparação, os ganhos das Big Tech a tornariam o 18º maior país em PIB, à frente da Arábia Saudita e logo atrás da Holanda.

Para além do debate entre fluxo e estoque (entre PIB e valor de mercado), o valor da Apple é um recorde histórico para o S&P500, índice que agrega as 500 maiores empresas norte-americanas em capitalização de mercado.

Além disso, as ações da Apple estão sendo negociadas com tendência de sobrecompra, segundo dados da Bloomberg.

imagem10-08-2020-19-08-34
imagem10-08-2020-19-08-34

Imagem: Bloomberg

Fontes de receitas da Apple

A Apple atualmente é muito dependente das suas receitas das vendas de iPhones e acessórios. Em 2019 a Apple faturou US$ 260 bilhões, com um lucro líquido de US$ 55,2 bilhões, segundo dados compilados pela Statista. Sua fonte de receita é composta por:

– 54,7% em vendas do iPhone.- 17,8% dos serviços Apple Pay, Music e Tv.- 9,9% vendas de computadores Mac.- 8,2% vendas de iPads- 9,4% vendas de demais dispositivos: Apple Watch, AirPods, etc.

As Américas são a região que compreende maior fatia da receita da Big Tech, 45%, seguidos pela Europa (23%). A China sozinha é responsável por 17% da receita da empresa.

Embora não tenha sido divulgados os números exatos do faturamento da divisão AirPod, segundo análises da Visual Capitalist, a expectativa de faturamento foi entre US$ 6 a 12 bilhões em 2019.

LEIA MAIS

Fonte: cointelegraph.com.br/news/apples-market-capitalization-equals-brazils-gdp

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here