ANÚNCIO

Toda a instabilidade vivenciada pelos Estados Unidos nos últimos meses, envolvendo a pandemia do novo coronavírus e também os protestos iniciados após o assassinato de George Floyd, motivou o pastor Franklin Graham a mobilizar uma marcha de oração pelo país.

ANÚNCIO

A Marcha de Oração será realizada no dia 26 de setembro em Washington, DC, a capital do país. O evangelista acredita que “a nação está em apuros e precisamos da ajuda de Deus”.

“Estou anunciando hoje que no dia 26 de setembro estarei na capital de nossa nação para orar – e espero que milhares de famílias, pastores e igrejas se juntem a mim! Nossa nação está em apuros e precisamos da ajuda de Deus. Faça planos agora para vir para #PrayerMarch2020”, escreveu Franklin Graham em sua conta no Twitter.

Ele divulgou um vídeo em que ressalta a percepção de que sem uma intervenção divina, a paz no país não poderá ser restaurada: “Nossa única esperança para este país é Deus”, disse o pastor.

ANÚNCIO

Jack Graham, o pastor da Igreja Batista Prestonwood na cidade de Plano, Texas, respondeu ao tweet de Franklin Graham: “Eu estarei lá. Quero convidar todos os pastores e igrejas da SBC [Convenção Batista do Sul] e todos os outros que puderem para se juntar a nós. Você pode imaginar milhares de crentes orando juntos por nossa nação destruída? Vamos fazer isso!”, convocou.

ANÚNCIO

De acordo com informações do portal The Christian Post, a Marcha de Oração ocorrerá entre 12h e 14h do horário local, com os cristãos caminhando do Lincoln Memorial em direção ao edifício do Capitólio, enquanto oram pela nação que atravessa “tempos extraordinários”.

“A América […] está em perigo. Mas temos esperança, e essa esperança está no Deus Todo-Poderoso. E precisamos orar agora mais do que nunca – mais do que já fizemos em nossas vidas. Nossas comunidades estão sofrendo. Nosso povo está dividido. E há medo e incerteza ao nosso redor ”, comentou o pastor Franklin Graham, referindo-se aos protestos violentos em todo o país e à pandemia de COVID-19.

No início deste mês, manifestantes carregando cartazes do Black Lives Matter jogaram exemplares da Bíblia numa fogueira em frente ao tribunal federal em Portland, Oregon, e queimaram uma bandeira do país.

ANÚNCIO

Tumultos em Portland e em muitas outras cidades do país estão ocorrendo desde a morte de George Floyd, em 25 de maio, enquanto estava sob custódia policial na cidade de Minneapolis, Minnesota.

ANÚNCIO

Pelo lado da pandemia, o Centro de Pesquisa do Coronavírus da Universidade Johns Hopkins informou que os Estados Unidos têm mais de 5,1 milhões de casos confirmados com mais 164 mil mortes, até a última terça-feira.

Jentezen Franklin, pastor sênior da Free Chapel Church em Gainesville, Geórgia, também convidou os americanos a se juntarem a ele por 21 dias de jejum e oração, a contar do último dia 1º de agosto: “Creio que o Senhor falou comigo e disse para fazer o mês de agosto uma temporada de … choro, oração e jejum, voltando-se para Deus como nunca antes. É hora de jejuar, orar e quebrar a espinha de COVID. Devemos ver uma reversão divina. Precisamos ver uma reviravolta ”, declarou o líder evangélico.

I’m announcing today that on Sept. 26, I’m going to be in our nation’s capital to pray—& I hope thousands of families, pastors, & churches will join me! Our nation is in trouble, & we need God’s help. Make plans now to come for #PrayerMarch2020. For more: https://t.co/XSqMiRVUlM pic.twitter.com/9BpvpmV6z4

— Franklin Graham (@Franklin_Graham) August 8, 2020

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/esperanca-todo-poderoso-franklin-graham-oracao-pandemia-tumultos-138333.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here