O Plasm, um protocolo de contrato inteligente desenvolvido no framework Substrate do Polkadot, integrou feeds de preços do Chainlink (LINK). Curiosamente, o próprio projeto do oráculo provavelmente logo se tornará uma parachain do Polkadot.

O Polkadot tem um design modular em que várias parachains atendem a casos de uso específicos. Sua rede principal não possui contratos inteligentes, mas a Plasm espera preencher esse vazio.

O CEO da Plasm, Sota Watanabe, disse ao Cointelegraph que pretendem usar os oráculos de dados da Chainlink para o Lockdrop do Plasm – um mecanismo de distribuição de tokens criado pela Edgeware. Para receber tokens do Plasm, o usuário precisa bloquear Ether ou Bitcoin em um contrato inteligente. Em troca, o usuário recebe uma certa quantidade de tokens nativos do Plasm. O pagamento é proporcional ao montante de ativos alocados e à duração do bloqueio. No final do período de bloqueio, o usuário obtém seus ativos criptográficos de volta, junto com seus tokens Plasm recém-emitidos. Soto disse:

“Se você tiver um ETH ou Bitcoin, terá que travar seu ETH no Ethereum ou travar seu Bitcoin na rede Bitcoin. Portanto, precisamos obter o preço de Ethereum e Bitcoin na rede Plasm para emitir algumas moedas. ”

Sota disse que quando o Chainlink se tornar um parachain Polkadot, isso só deve servir para aumentar a capacidade da rede Plasm. Embora o Polkadot suporte o compartilhamento de dados entre parachains, os aplicativos da vida real ainda exigem informações de outras cadeias ou de fontes externas centralizadas:

“Assim que eles conectarem sua blockchain ao Polkadot, podemos obter dados e enviar dados da blockchain Chainlink para a rede Plasm”.

Apesar do design modular do Polkadot e do fato de que alguns de seus parachains podem integrar os oráculos de Chainlink, ainda parece haver uma necessidade de integração nativa.

LEIA MAIS

 

Fonte: cointelegraph.com.br/news/what-chainlinks-plasm-integration-means-for-its-future-as-a-parachain

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here