Leandro Tarrataca*

O renomado evangelista Billy Graham foi questionado sobre o que mais o surpreendeu na vida. Ele respondeu: “Sua brevidade”. (Christianity Today [outubro de 2006], p. 90.) Billy Graham viveu até os 99 anos de idade, certamente uma vida longa, mas ainda assim sentiu a dor de sua brevidade. A vida é comparada ao vapor que rapidamente desaparece, a flores cuja beleza se desvanece rapidamente.

Quanto mais você envelhece, mais pensa em usar seu tempo com sabedoria e especialmente à luz da eternidade. Passamos a avaliar o que realmente importa. Moisés deve ter sentido isso quando escreveu o Salmo 90. Ele passou seus primeiros 40 anos como filho da filha de Faraó, vivendo no conforto do palácio. Ele passou seus próximos 40 anos como um pastor fugitivo vagando pela Península do Sinai e passou os últimos 40 anos de sua longa vida guiando um povo rebelde.

Provavelmente quando estavam acampados em algum lugar no deserto, ele escreveu o Salmo 90, refletindo sobre a brevidade da vida. No versículo 12, ele orou: “Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio.” (Sl 90:12)

E conclui sua prece poética: “Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; confirma sobre nós as obras das nossas mãos, sim, confirma a obra das nossas mãos. (Sl 90:17)

A comovente repetição de seu apelo final, mostra que até mesmo Moisés temia que o trabalho de sua vida não valesse nada a menos que Deus o confirmasse.

Paulo, outro grande líder disse: “Completei a carreira” – Não seria maravilhoso encerrar a jornada com essa certeza? Se você não quer desperdiçar seu breve tempo considere que relacionamento é chave para uma vida realizada. Priorize seu relacionamento com Cristo, priorize seu relacionamento com as pessoas que Cristo colocou em sua vida. Anthony J. D’Angelo acertou com precisão cirúrgica ao escrever: “As coisas mais importantes na vida não são coisas”.

*Leandro Tarrataca é pastor, professor, mestre e doutor em Teologia.

www.leandrotarrataca.com

Fonte: exibirgospel.com.br/2020/08/13/brevidade/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=brevidade

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here