Um anúncio de 13 de agosto do Departamento de Justiça dos Estados Unidos revelou que as autoridades apreenderam recentemente milhões de dólares em criptomoedas de mais de 300 contas.

O anúncio não especifica os valores apreendidos, mas identifica a operação como a maior já feita contra o financiamento de terroristas usando criptomoedas.

Uma ampla gama de agências nacionais norte-americanas, incluindo o Departamento de Segurança Interna, o FBI e o IRS (Receita Federal dos EUA), estiveram envolvidos na operação. A campanha fechou vários sites e páginas do Facebook que abertamente ou – como um caso de um site fraudulento que vendia máscaras médicas – secretamente reunia fundos para operações terroristas.

De acordo com o chefe de investigação criminal Don Fort, o IRS usou seus novos recursos de rastreamento de criptomoedas para localizar os fundos envolvidos:

“A capacidade do IRS-CI de rastrear fundos usados ​​por grupos terroristas até sua fonte e desmantelar as redes financeiras e de comunicação desses grupos radicais os impede de causar estragos em todo o mundo.”

Há pouco mais de um mês, a Receita dos EUA estava pedindo novas ferramentas para monitorar monitorar de moedas de privacidade.

Pelo menos uma das imagens do DoJ que apresentava um endereço Bitcoin pertencente a uma afiliada do ISIS circulou pelos canais do governo por mais de um ano, representando a dificuldade das agências envolvidas para deflagrar a ação.

LEIA MAIS

 

Fonte: cointelegraph.com.br/news/us-doj-seizes-millions-in-crypto-funds-from-al-qaeda-and-isis-networks

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here