A capitalização de mercado do Tether (USDT) ultrapassou US$ 12 bilhões em 14 de agosto, de acordo com a empresa de análise de mercado de criptomoeda Coinmetrics. Enquanto isso, alguns acreditam que a valorização rapidamente crescente da stablecoin dominante beneficia positivamente o Bitcoin (BTC) no longo prazo. Mas alguns investidores também temem que isso torne o mercado de criptomoedas vulnerável.

O Tether tem sido a stablecoin mais amplamente utilizada há vários anos e tem apresentado um crescimento exponencial. Em janeiro de 2017, o fornecimento total de Tether estava girando em torno de US$ 10 milhões. Em quatro anos, esse número aumentou 1.200 vezes.

The increase in the supply of Tether since 2017
The increase in the supply of Tether since 2017

O aumento da oferta de Tether desde 2017. Fonte: CoinMetrics

Poder de fogo para o Bitcoin ou uma vulnerabilidade?

O Tether é usado como um substituto para moedas fiduciárias nas principais exchanges, incluindo Binance e Bitfinex. Dessa forma, os investidores em criptomoedas costumam confiar no Tether para armazenar capital nos bastidores.

Os pesquisadores da Coinmetrics explicam:

“A mudança para stablecoins permite que os investidores mantenham o dinheiro efetivamente estacionado na linha lateral, sem ter que sacar completamente em moeda fiduciária e incorrer em taxas. Essa corrida para a segurança provavelmente foi responsável por uma porção significativa do aumento da demanda de stablecoin após 12 de março.”

Uma vez que o Tether é frequentemente usado para se proteger contra as principais criptomoedas, pode-se argumentar que seu suprimento representa capital à espera. Quando a oferta de Tether se expande, isso pode indicar que os investidores estão ativamente fazendo hedge, deixando uma oferta abundante de capital pronta para entrar no mercado de criptomoedas.

BTC/USD price vs. Tether market capitalization
BTC/USD price vs. Tether market capitalization

Preço BTC / USD vs. capitalização de mercado do Tether. Fonte: Skew

Charles Edwards, gerente de ativos digitais, identificou o fornecimento crescente de Tether como um catalisador para o Bitcoin. Ele disse que o aumento de 26% no Tether é um dos oito fatores fundamentais que estão impulsionando o BTC. Ele disse:

preço – Mineração lucrativa e preço próximo ao custo de produção – Preço de acumulação estruturado.”

Enquanto alguns analistas consideram a expansão da oferta de Tether uma tendência otimista, outros expressaram preocupação em relação à stablecoin. A Coinmetrics abordou vários problemas que o Tether enfrentou nos últimos anos, incluindo um processo do gabinete do procurador-geral de Nova York.

O conhecido trader Peter Brandt criticou anteriormente o Tether, chamando-o de “apenas mais uma moeda fiduciária”. Ele disse:

“O problema é que o Tether é dinheiro engraçado – um derivado faz de conta vendido pelas exchanges de criptomoedas. Como mostra o gráfico do @Silver_Watchdog, a capitalização de mercado total do Tether excede a capitalização total das criptos. Este é um dinheiro imaginário garantido pelo ar.”

Ainda assim, os pesquisadores enfatizam que o Tether permanece dominante e continua a se expandir para outras blockchains. Os pesquisadores notaram:

“Mas, apesar dos problemas do Tether e da introdução de novas stablecoins, o USDT permaneceu dominante e continuou a crescer. Lançado originalmente usando o protocolo Omni na blockchain Bitcoin, no início de 2018 o Tether começou a se expandir para outras redes.”

A confluência de vários fatores macro positivos, incluindo a adoção institucional, o enfraquecimento do dólar americano por meio da crescente expansão da oferta de moeda e o aumento da oferta de Tether, fez com que o sentimento em torno do Bitcoin melhorasse, com alguns analistas prevendo novos máximos para o BTC antes de 2021.

Leia mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/how-can-you-be-bearish-asks-bitcoin-trader-as-tether-surpasses-12b

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here