ANÚNCIO

A idade avançada ainda é vista por alguns como sinônimo de cansaço e inatividade, mas essa não é uma visão que reflete com precisão a realidade. Exemplo disso é a vida de uma idosa de 116 anos, que apesar da longevidade continua dando testemunho de vida e superação.

ANÚNCIO

Hester Ford é considerada a mulher mais velha dos Estados Unidos. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, ela fez questão de compartilhar com familiares, amigos e irmãos em Cristo o seu último aniversário, celebrado no dia 15 passado.

Seguindo protocolos de segurança sanitária, a festa ocorreu na cidade de Charlotte, onde vive a idosa há 58 anos e aprendeu a amar o lugar como sua própria casa.

“A igreja dela fica a 5 minutos de distância, ela ama sua igreja”, disse Mary Hill, neta da idosa, segundo informações da emissora WCNC. A neta lamentou o fato da pandemia ter prejudicado a rotina da avó, mas lembrou que isso não lhe deixou abater.

ANÚNCIO

“Ela costuma ir uma vez por mês [para a igreja], no primeiro domingo do mês, mas com o vírus, ela não pôde ir”, disse Mary. “Então eles sempre mandam CDs [com as gravações dos cultos] e os diáconos vêm e dão a ceia”.

ANÚNCIO

O testemunho de vida da idosa mais velha dos Estados Unidos chamou atenção do evangelista Franklin Graham. Ele lhe prestou homenagens e lembrou que a cidade de Charlotte foi onde o seu pai nasceu, o lendário Billy Graham.

“A Sra. Ford mora em Charlotte, NC, onde meu pai Billy Graham nasceu, e ela ainda adora ir à igreja”, escreveu o evangelista em sua conta no Facebook, segundo a WSLS.

Nascida em 15 de agosto de 1904, em Lancaster, na Carolina do Sul, Hester Ford teve 12 filhos, 48 ​​netos, 108 bisnetos e 120 tataranetos. Trabalhou em fazenda e também como babá por 20 anos, e durante todo esse tempo dedicou a sua vida ao Reino de Deus.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/aos-116-anos-idosa-supera-barreiras-e-da-testemunho-de-fe-ela-ama-sua-igreja.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here