Bison Trails, um provedor de infraestrutura como serviço Blockchain, criou um software de proteção de assinatura dupla, ou DSP, que visa resolver as penalidades associadas às mensagens de assinatura dupla.

De acordo com a empresa, muitos detentores de ativos digitais consideram a redução das penalidades um dos “principais riscos” da participação na blockchain, pois dificultam o consenso da rede.

Falando ao Cointelegraph, Aaron Henshaw, CTO e cofundador da Bison Trails, afirmou que tais penalidades podem ser perigosas para qualquer pessoa que tenha participação em uma rede, pois “representa um lugar onde os detentores de tokens e validadores podem realmente perder os fundos existentes, não apenas recompensas futuras.”

Henshaw afirma que o software está sendo oferecido primeiro aos usuários que participam das redes Kuzama e Tezos. O suporte para Polkadot, Cosmos e Celo virá a seguir.

A empresa sediada em NY disse que se um provedor de nuvem, local ou até mesmo um nó tiver um problema com assinatura dupla, o software será capaz de responder para colocar a infraestrutura online e minimizar o tempo de inatividade, garantindo que tal infraestrutura não cause um duplo sinal.

O CTO da Bison Trails explicou:

“A Bison Trails pode responder com segurança a interrupções e até mesmo ter nós altamente disponíveis esperando sem acesso às chaves que eles precisariam assinar.”

Em caso de falha em um nó primário, o DSP pode confirmar a liberação de uma chave privada e permitir que um nó de backup comece a validar, disse Henshaw.

Em julho, Bison Trails anunciou suporte para Ethereum 2.0 – uma atualização que moverá a rede de seu mecanismo de consenso de prova de trabalho para prova de aposta. A rede premiará os validadores antecipadamente, com uma taxa de recompensa de 23% em ETH.

LEIA MAIS

 

Fonte: cointelegraph.com.br/news/bison-trails-new-software-could-make-slashing-penalties-a-thing-of-the-past

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here