O preço do Bitcoin e as ações da Tesla estiveram sob os holofotes recentemente, levando alguns investidores de varejo a questionar se há semelhanças entre os dois ativos. Como o Bitcoin (BTC) continua pairando em torno da marca de US$ 12.000 (no momento da publicação), ao fazer isso, a maior criptomoeda por capitalização de mercado está atingindo máximas acumuladas no ano que não eram vistas desde junho de 2019.

As ações da Tesla também quebraram algumas resistências. Em 20 de agosto, o preço das ações da Tesla atingiu um pico histórico, saltando mais de 45% em 10 dias, fechando acima de US$ 2.000 por ação.

Além disso, os dados sugerem que o Bitcoin foi o ativo mais visto depois das ações da Tesla nos Estados Unidos no mês passado.

O Bitcoin está se comportando como uma ação de tecnologia?

O crescente interesse em Bitcoin e Tesla tem alguns questionado se o BTC está se comportando mais como uma ação de tecnologia. Descobertas da empresa de gestão de ativos digitais CoinShares, com sede em Londres, observaram que, em sua fase de crescimento, o Bitcoin realmente se comporta como uma ação de tecnologia:

“O perfil de risco do Bitcoin é bastante semelhante ao de uma ação de tecnologia: se atingir seu potencial, o valor pode ser imenso, mas, ao mesmo tempo, há uma chance diferente de zero de que ele falhe totalmente.”

Embora pareça ser o caso, Phil Bonello, diretor de pesquisa do fundo de criptomoedas Grayscale Investments, disse ao Cointelegraph que não é justo simplesmente olhar os retornos ao tirar conclusões entre Bitcoin e Tesla, com o BTC subindo cerca de 63% no acumulado no ano e a TSLA com um aumento de 365%:

“A maioria dos ativos de risco está correlacionada entre si porque todos dependem da força ou fraqueza do denominador comum: o dólar americano. Além disso, quando os ativos são vendidos de forma agressiva, como em março, a correlação se aproxima de 1, pois todos precisam de liquidez.”

O ponto de Bonello é verificado pelas ações da Tesla caindo para uma baixa de US$ 361 em 18 de março. O Bitcoin também atingiu uma baixa de quase US$ 3.800 em março. Bonello comentou ainda que, embora ele não observe os meandros da Tesla de perto, atualmente existe um mercado altista secular. “Tendo a acreditar que estamos em um mercado altista secular impulsionado por estímulos monetários e fiscais”, disse ele.

Ecoando Bonello, Natalia Karayaneva, consultora de Arrington XRP Capital e CEO da Propy – uma plataforma imobiliária baseada em blockchain – disse ao Cointelegraph que há novas bolhas emergindo em torno do mercado de ações e do Bitcoin:

“Em vez de comprar bens de consumo tangíveis, as pessoas estão investindo nesses ativos como uma forma de não manter fiat. Da mesma forma, os investidores institucionais estão investindo em tudo relacionado a ativos digitais.”

Quais são as semelhanças entre Bitcoin e Tesla?

Valor de mercado à parte, é interessante considerar as semelhanças inerentes entre Bitcoin e Tesla. De acordo com Bonello, o que Bitcoin e Tesla têm em comum é o potencial de crescimento exponencial, tornando-os especialmente voláteis.

Este ponto também é válido para a maioria das criptomoedas, não apenas Bitcoin. Mati Greenspan, um analista de mercado e fundador da Quantum Economics, disse ao Cointelegraph que estava rastreando uma correlação entre a TSLA e o token LINK, da Chainlink, que agora é a quinta maior criptomoeda do mundo em valor de mercado. As descobertas de Greenspan destacam a volatilidade de ambas as classes de ativos.

Tesla stock in comparison to LINK token
Tesla stock in comparison to LINK token

Os investidores de varejo (Millennials) parecem estar mais interessados em ativos voláteis como Tesla e criptomoedas. Descobertas recentes realmente provam que isso é verdade, como a CNBC observou em fevereiro que a Tesla era a ação mais mantida na empresa de finanças pessoais SoFi Invest, que é muito usada pela geração Y. O Cointelegraph também relatou anteriormente que uma pesquisa da Stack Funds mostra que 50% dos investidores em Bitcoin são da geração Y.

Outro ponto comum interessante entre o Bitcoin e a Tesla é o impacto revolucionário associado aos dois ativos, já que a Tesla está perturbando enormemente o setor de transporte, enquanto o Bitcoin pretende revolucionar as finanças.

Bitcoin continua sendo um ativo único

Ainda assim, embora tecnologias disruptivas como Bitcoin e Tesla possam atrair o interesse de massa de investidores mais jovens com comportamentos semelhantes, o Bitcoin ainda permanece uma classe de ativos única. Bonello, da Grayscale, comentou que as qualidades únicas do Bitcoin podem torná-lo um investimento atraente, mas também tem sido um desafio para os investidores tradicionais compreenderem seu valor, “principalmente porque o Bitcoin não oferece fluxos de caixa como outros investimentos, como a ação da Tesla”, ele notou.

Michelle O’Connor, vice-presidente de marketing da plataforma de negociação Uphold, disse ao Cointelegraph que o Bitcoin, ao contrário da Tesla, tem um ponto de entrada mais realista: “Há um apetite por risco ou retorno que se tornou fluido como a capacidade de comprar esses ativos em uma escala menor (fracionada).” Ela concluiu:

“O Bitcoin está em torno de US$ 11.500 agora, se esse fosse o ponto de entrada, seria muito menos atraente para um público mais amplo. Como você pode comprar frações de Bitcoin, seu ponto de entrada é mais realista, os retornos potenciais são instantâneos e não estão associados a um governo.”

Leia mais:

Fonte: cointelegraph.com.br/news/tesla-stock-breaks-2k-as-high-risk-tech-asset-sees-bitcoin-comparison

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here