De olho na modernização do Sistema de Pagamentos do Brasil o Banco Inter saiu na frente e abriu um sistema de “pré-cadastro” para o PIX.

Assim, embora oficialmente o Banco Central tenha anunciado o início do registro de chaves para outubro a instituição “adiantou” o processo para seus usuários.

Desta forma, os clientes do Inter já podem entrar em uma “lista” para testar a novidade.

Correntistas do banco já estão recebendo uma mensagem, ao abrir o APP, convidando para o cadastramento.

Portanto, no aplicativo, será possível acessar o Menu do Pix e criar chaves para fazer e receber um Pix de qualquer banco.

PIX

O PIX será o novo sistema de pagamentos instantâneos do Brasil.

Segundo o Banco Central ele estará disponível a partir de 16 de novembro e vai permitir envio de dinheiro e pagamentos em até 2 segundos.

Além disso, ao contrário de TED e DOC, no PIX as transações poderão ser feitas 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O Banco Central destaca ainda que no PIX as transações devem ser gratuitas para pessoas físicas.

Roberto Campos Neto

Além disso, segundo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, o PIX representa, junto com o Open Banking, um conjunto de ações para modernização do sistema financeiro do Brasil.

Estas inovações envolvem uma série de medidas, inclusive voltadas ao câmbio e remessas.

Assim, segundo Campos Neto, também entre as medidas está a possibilidade de criação de uma Moeda Digital para o Brasil, que substituiria o Real Físico.

Neste quesito o BC anunciou que criou um grupo que estuda a emissão de uma Criptomoeda Nacional de Banco Central (CBDC).

CBDC

Desta forma, segundo o BC, o grupo pretende discutir impactos de uma eventual emissão de moeda digital no Brasil.

“Objeto de estudo mundial, a emissão de moeda digital por bancos centrais (central bank digital currency – CBDC) pode ser uma possibilidade para aprimorar o modelo vigente das transações comerciais entre as pessoas e mesmo entre países. Com o intuito de antever o futuro das relações financeiras, o Banco Central formou um grupo de trabalho para discutir impactos de uma eventual emissão de moeda digital no Brasil.”, destacou o BC.

Ainda segundo o Banco Central, entre os objetivos do grupo de trabalho estão a proposição de modelo de eventual emissão de moeda digital, com identificação de riscos.

Desta forma estão inclusos a segurança cibernética, a proteção de dados e a aderência normativa e regulatória e a análise de impactos da CBDC sobre a inclusão e a estabilidade financeiras e a condução das políticas monetária e econômica.

“Essa nova forma de moeda pode provocar mudanças substanciais no Sistema Financeiro Nacional”, afirmou o Banco Central.

LEIA MAIS

Fonte: cointelegraph.com.br/news/banco-inter-takes-the-lead-and-already-offers-pre-registration-of-users-for-pix

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here