A compra de equipamentos para montar 105 salas de videoconferência para diversos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) vai garantir agilidade na comunicação, economia de tempo e de recursos antes gastos para o deslocamento de servidores. Mas irá, sobretudo, permitir que a administração pública continue funcionando ativamente, mesmo com as limitações impostas pela pandemia, com benefícios permanentes, pois os continuarão a ser usados pelos servidores após o fim das medidas de isolamento social.

Com a modernização, serão atendidos servidores das secretarias, administrações regionais e órgãos da administração direta. Cada sala de videoconferência terá o custo de R$ 10.620. Os ambientes contam com televisão, câmera e os suportes necessários. O objetivo é que as salas sejam utilizadas inclusive por grupos de servidores, principalmente após a pandemia, a fim de permitir grandes reuniões sem necessidade de deslocamento.

imagem21-08-2020-17-08-49
imagem21-08-2020-17-08-49
Foto: Administração do Paranoá/Divulgação

A contratação foi realizada pela modalidade de pregão eletrônico, tendo ampla concorrência. “É um investimento que trará mais agilidade para a comunicação entre os órgãos, especialmente as administrações regionais e a tomada de decisões”, explica o secretário de Economia, André Clemente.

O governo já recebeu equipamentos para 55 salas, e aguarda mais 50 kits. O material está sendo instalado nos diversos órgãos desde o dia 6 de agosto. Sergio Damasceno, administrador do Paranoá (foto), que antes usava seu aparelho celular para as reuniões, destaca a mudança de qualidade no serviço. “A modernização do serviço público reflete diretamente nos serviços que prestamos à comunidade.”

O material foi recebido na terça-feira (18) e o administrador já prepara a pauta da primeira reunião virtual com a comunidade. “Precisamos debater o uso da quadra de vôlei de areia com a população, mas não podemos nos reunir fisicamente por causa da pandemia. Então, este será o primeiro assunto que quero tratar com os moradores com a estrutura do novo equipamento montada”, promete.

O Paranoá também recebeu 30 computadores cedidos pela Secretaria de Economia. Dez serão destinados à Escola Classe Jardim II, na área rural da cidade, e os outros ficarão na própria administração, para serem usados pelos servidores e pelos cidadãos que precisarem de algum serviço no local.

A Administração Regional do Itapoã também recebeu os equipamentos nesta semana. Além de componentes novos para videoconferência, recebeu 20 computadores. “A melhoria nas condições de trabalho impacta na nossa produtividade, na performance do servidor e, consequentemente, tem efeitos positivos para a população”, acredita o administrador Marcus Cotrim.

* Com informações da Secretaria de Economia

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/08/21/orgaos-do-gdf-terao-salas-de-videoconferencia-agilidade-e-economia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here