ANÚNCIO

Em plena campanha pela reeleição à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump falou sobre a situação caótica que a economia do país atravessa em decorrência da pandemia do novo coronavírus, e declarou ter conversado com Deus a respeito da situação, pedindo ajuda.

ANÚNCIO

Trump teve seu primeiro mandato como presidente norte-americano marcado pela defesa da liberdade religiosa de cristãos ao redor do mundo, o posicionamento com medidas práticas contra o aborto e a recuperação da economia do país, que vinha patinando nos oito anos de seu antecessor, Barack Obama.

Agora, com uma queda sem precedentes no PIB, o presidente disse que buscou a Deus em oração e pediu ajuda para reconstruir “a maior economia da história do mundo”. A declaração foi feita em um pequeno comício que atraiu várias centenas de apoiadores na cidade de Mankato, Minnesota.

De acordo com o portal The Christian Post, Trump classificou seu adversário nas urnas, Joe Biden, como um “fantoche de extremistas de esquerda” que destruiria o modo de vida americano “tentando apagar nossas fronteiras, eliminar nossa polícia, doutrinar nossos filhos, caluniar nossos heróis e tirar nossa energia”.

ANÚNCIO

Biden, que foi vice-presidente de Obama, “substituiria a liberdade americana pelo fascismo de esquerda”, acrescentou Trump.

ANÚNCIO

Em seu discurso, o presidente lembrou o desempenho econômico do país antes da pandemia, que tinha um forte mercado de ações, crescimento salarial de cerca de 3% em média e um baixo índice de desemprego. Para ele, tudo isso poderia ser descrito como “nada menos que um milagre econômico”.

Com a pandemia de COVID-19, a economia dos Estados Unidos sofreu seu maior golpe desde a Grande Depressão no segundo trimestre, quando os gastos dos consumidores e empresas despencaram e o produto interno bruto (PIB) caiu a uma taxa de 32,9% no segundo trimestre de 2020.

“O que conquistamos juntos e o que estamos fazendo juntos é nada menos que um milagre econômico e agora estamos fazendo de novo”, disse Trump.

ANÚNCIO

“Construímos a maior economia da história do mundo e agora tenho que fazer de novo. Você sabe o que é? Isso mesmo. Deus está me testando. Ele disse: ‘Sabe, você fez isso uma vez’. E eu disse: ‘Fiz um ótimo trabalho, Deus? Sou o único que poderia fazer isso [de novo]’. Ele disse: ‘Isso você não deveria dizer. Agora vamos pedir que você faça de novo’. Eu disse, ‘OK. Eu concordo. Você me pegou’. Mas eu fiz isso uma vez. E agora estou fazendo de novo. E você vê o tipo de números que estamos apresentando. Eles são inacreditáveis. Os melhores números de empregos de todos os tempos. Três meses, mais empregos nos últimos três meses do que nunca antes”, concluiu, comemorando a retomada.

ANÚNCIO

Apenas em julho, foram criados 1,8 milhão de empregos nos Estados Unidos, somando um total de 139,6 milhões de pessoas ativas no mercado de trabalho.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/trump-orou-deus-reconstruir-economia-eua-138661.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here