imagem22-08-2020-00-08-12
imagem22-08-2020-00-08-12
A troca de manilhas vai acabar com os alagamentos no Varjão| Foto: Divulgação

Foram pelo menos 15 anos de espera e sofrimento. A cada temporal que caía em Brasília, uma apreensão tomava conta dos moradores da Quadra 5, do Varjão. O canal responsável pela captação das águas das chuvas que desciam de uma encosta da região, acabava obstruído pelas folhas, pedras e até galhos carregados pela enxurrada. O resultado era um alagamento que invadia os apartamentos térreos dos prédios do Bloco G, um problema resolvido nesta sexta-feira (21) pelo Governo do Distrito Federal (GDF).

Com o suporte das ações do GDF Presente, a Administração Regional do Varjão e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) trocaram a canalização de 100 milímetros de diâmetro por 35 manilhas de 600 milímetros, aumentando em seis vezes a vazão do canal. 

“A obra facilitará o fluxo das águas e dará melhores condições de vida aos moradores, que muitas vezes eram surpreendidos na madrugada com a enxurrada entrando dentro de casa”, explica o administrador regional do Varjão, Lúcio Rogério. “Uma medida preventiva que se estenderá a outras outros blocos próximos de encostas antes da volta do período das chuvas”, completa o coordenador do Polo Central Adjacente I, do GDF Presente, Alexandro César.

Pelo menos 60 famílias serão atendidas pelas obras de reestruturação na captação das águas das chuvas. Morador da Quadra 5, George Michel é uma dessas pessoas e conta que os alagamentos eram motivo de sofrimento para ele e seus vizinhos. “Há muito tempo a gente sofria com esse cano entupido e, finalmente, o GDF Presente, junto com a administração regional, veio dar fim a esse problema, o que nos deixou muito satisfeitos”, conta. 

PECs do Núcleo Bandeirante

imagem22-08-2020-00-08-16
imagem22-08-2020-00-08-16
Lavagem dos PECs, no Núcleo Bandeirante | Foto: Divulgação

O parquinho, a quadra de esporte e o Ponto de Encontro Comunitário (PEC) ao lado da casa de Vinícius Taraleskof, 41 anos, passaram por limpeza reforçada, nesta sexta-feira (21). Segundo o morador, os equipamentos públicos não eram revitalizados há anos, assim como outros 12 localizados na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB). “Estavam esquecidos e sujos. Precisavam de uma faxina urgente”, comenta o autônomo.    

A ação faz parte do Polo Norte do GDF Presente, que atua desde o início desta semana na cidade. Nesta sexta, o programa contou com o apoio das administrações da Candangolândia e do Park Way. Cerca de 40 servidores recolheram cerca de 70 toneladas de lixo e inservíveis e taparam buracos com 25 toneladas de massa asfáltica. O Estádio da Metropolitana e o Setor de Placas da Mercedes também foram alvos dos serviços do governo local. Em toda a semana, a coleta de entulhos, galhos, móveis e eletrodomésticos descartados chegou a 450 toneladas.

Menos buraco no Gama

imagem22-08-2020-00-08-18
imagem22-08-2020-00-08-18
Operação Buraco Zero, no Gama | Foto: Divulgação

E no Setor Leste do Gama o dia foi de Operação Buraco Zero. Em diversas vias da região a equipe do GDF Presente, em conjunto com a administração regional, fez melhorias no asfalto de ruas e avenidas, dando continuidade a um trabalho iniciado na segunda-feira. Em todos estes cinco dias, 72 toneladas de massa asfáltica foram aplicadas, enquanto 144 toneladas de entulho e inservíveis descartados irregularmente pela população em lotes vagos e calçadas foram recolhidos.

Já na Ponte Alta Norte uma das quatro frentes de trabalho que agiam no Gama realizou a terraplanagem das estradas rurais, nivelando as estradas vicinais que servem de passagem de moradores e produtores da região. 

*Colaborou Ana Luiza Vinhote

Galeria de Fotos

Chega de alagamentos em área residencial do Varjão
Chega de alagamentos em área residencial do Varjão

Fonte: www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/08/21/chega-de-alagamentos-em-area-residencial-do-varjao

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here