ANÚNCIO

O pastor Joseph Mattera, escritor e teólogo, publicou um artigo sobre o cristão desperto para seu papel como seguidor de Jesus Cristo. O gancho para a referência ao despertar foi o conceito “woke” da cultura progressista, que geralmente é usado para se referir a pessoas supostamente despertas para as questões sociais.

ANÚNCIO

No texto, Mattera, que é pastor da Resurrection Church, afirma que “ao longo das últimas décadas, muitos princípios e símbolos bíblicos foram cooptados por grupos não cristãos para marcar suas várias causas”, e que o mais recente desses princípios a ser “copiado” foi justamente o “despertar”.

“O apóstolo Paulo disse há mais de dois milênios: ‘Além disso, vocês sabem que é hora, que é chegada a hora de vocês acordarem do sono. Pois a salvação está mais perto de nós agora do que quando cremos pela primeira vez’ (Romanos 13:11)”, argumentou o pastor.

“Hoje, pessoas ‘despertas’ são aquelas que concordam com as visões da interseccionalidade, que combina feminismo radical, socialismo, visões específicas do racismo sistêmico e vários conceitos de identidade sexual e muito mais. O objetivo deste artigo não é menosprezar qualquer grupo ou pessoa em particular que utiliza o termo ‘woke‘, mas mostrar as raízes bíblicas e os significados do termo”, acrescentou.

ANÚNCIO

Confira abaixo os sete pontos elencados pelo pastor no artigo publicado no portal The Christian Post, que formam características das pessoas biblicamente despertas:

ANÚNCIO

1 – Uma pessoa “desperta” biblicamente “nasceu do alto”, o que a capacita a “ver” o reino de Deus (João 3: 1-8). Jesus disse, se uma pessoa ainda não teve essa experiência sobrenatural (também chamada de experiência de conversão ou “nascer de novo”), então será impossível para ela entender a realidade do reino de Deus; é um reino que governa os reinos visíveis e invisíveis.

2 – Uma pessoa “desperta” biblicamente vê o mundo através da perspectiva de Deus em vez da sua própria. Jesus disse: ‘A lâmpada do corpo são os olhos. Portanto … quando seu olho está ruim, seu corpo também está cheio de escuridão. Portanto, vede que a luz que há em vós não são trevas’ (Lucas 11: 34-35). O que Jesus estava se referindo aqui não era apenas o olho físico, mas a perspectiva das pessoas. O olho é a porta da alma que permite à pessoa observar o mundo e julgá-lo. Quando o portão dos olhos está escuro (sem iluminação divina), todo o corpo de uma pessoa ficará cheio de escuridão. Portanto, uma pessoa acordada biblicamente tem uma visão de mundo ou perspectiva de vida baseada no reino de Deus e em Sua palavra, ao invés da opinião e sistema de valores do mundo. É por isso que Paulo afirma que todos os crentes já foram trevas.

3 – Biblicamente “despertos” são as pessoas que expõem obras das trevas. De acordo com Efésios 5: 11-13, os seguidores de Cristo são chamados a falar contra a maldade e trazê-la à luz. Portanto, se você está genuinamente “acordado” biblicamente, você não será cativo do “pensamento de grupo” do mundo, mas viverá contrário a ele e exporá suas mentiras ao falar a verdade em amor. Se tudo o que você faz é repetir o que a cultura pop diz e acredita, é provável que você não esteja totalmente “acordado” da perspectiva de Deus.

ANÚNCIO

4 – Biblicamente, as pessoas “despertam” não têm mais o padrão de vida daqueles que vivem nas trevas. Efésios 4: 17-18 ordena que não vivamos mais como os gentios (aqueles fora da aliança de Deus) vivem. A razão é que os não-crentes têm seu intelecto (razão ou mente) escurecido devido à cegueira de seu coração. Assim, a descrença e a rebelião contra Deus não são decisões racionais porque o deus deste mundo cegou as mentes dos incrédulos para que a luz do evangelho de Cristo não brilhe sobre eles (2 Coríntios 4: 4). Consequentemente, as pessoas “despertaram” não apenas para falar a verdade, mas incorporar a verdade com seu estilo de vida como a luz do mundo (Mateus 5: 14-16).

ANÚNCIO

5 – Biblicamente “despertas”, as pessoas não vivem mais para si mesmas, mas para Cristo. Paulo disse em 2 Coríntios 5:15 que Jesus morreu por todos para que aqueles que vivem não vivam mais para si, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou. Consequentemente, aqueles que têm os olhos abertos são como mercadores que encontraram a pérola de grande valor e foram, venderam tudo o que possuíam e a compraram (Mt 13: 45-46). Aqueles que realmente encontraram Jesus não estão apaixonados por nada mais que o mundo tem a lhes oferecer. Conseqüentemente, os verdadeiros crentes perdem suas vidas por causa de Cristo ao invés de preservá-las ganhando o mundo (Marcos 8: 34-38).

6 – Biblicamente “despertas” as pessoas procuram uma cidade celestial. Eles entendem que tudo o que o mundo oferece é como um vapor, está aqui hoje, mas desaparece amanhã (Tiago 4:14). Eles são como Abraão, que suportou os desafios do mundo presente porque “viu” as promessas de Deus ainda a serem cumpridas e esperou pela iminente cidade celestial (Hebreus 11: 10-16). Eles também são como Moisés, que sofreu ameaças de Faraó porque ele “viu” Aquele que é invisível (Hebreus 11:27). Assim, se uma pessoa diz que é cristã, mas entrega sua vida totalmente aos prazeres deste mundo, ela precisa de um “despertar pessoal”!

7 – Biblicamente, as pessoas “despertas” não têm medo da morte física. O apóstolo Paulo disse que o evangelho aboliu a morte e trouxe vida e imortalidade à “luz” (2 Timóteo 1:10). Portanto, aqueles que andam com Deus não devem temer a morte porque aqueles que vivem e crêem em Jesus nunca morrerão (João 8:51, João 11: 25-26). Paulo estava tão imerso no Messias que não sabia se queria continuar vivendo neste mundo ou partir e estar com Cristo, pois era muito melhor (Filipenses 1: 23-24)! Se uma pessoa tem medo de morrer, então ela pode não estar totalmente “acordada” e precisa ter certeza de que está totalmente “viva” para Deus.

ANÚNCIO

Fonte: noticias.gospelmais.com.br/7-caracteristicas-pessoas-despertas-palavra-deus-138499.html

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here