A Faculdade de Ciências Sociais e Comportamentais da Universidade de Utah confirmou que eles foram atingidos por um ataque de ransomware em 19 de julho.

De acordo com um comunicado divulgado pela Universidade, a gangue deixou muitos computadores inacessíveis por várias horas enquanto a equipe colocava os servidores offline para evitar que o malware se propagasse para outras máquinas na rede da escola.

Após discussão interna, os funcionários decidiram trabalhar com o provedor de seguro cibernético da escola para pagar um resgate de US$ 457.059 a fim de evitar vazamento de dados.

Funcionários da universidade esclareceram que a apólice de seguro pagou parte do resgate e eles próprios cobriram o resto. Nenhum detalhe sobre a criptomoeda envolvida na transação foi divulgado.

No início de junho, a mídia relatou que a gangue de ransomware NetWalker havia atacado a Michigan State University, ou MSU. Enquanto a gangue ameaçava vazar os registros dos alunos e documentos financeiros, funcionários da universidade disseram que se recusaram a pagar o resgate.

A Cointelegraph também informou em 3 de junho que o grupo de ransomware NetWalker também tinha como alvo três universidades americanas.

LEIA MAIS

Fonte: cointelegraph.com.br/news/university-of-utah-pays-ransomware-gang-to-prevent-student-data-leak

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here