Norberto Bobbio

Norberto Bobbio em 1988.

Nesse conteúdo, o Politize! te explica quem foi Norberto Bobbio: um intelectual italiano que deixou um legado histórico com os seus estudos e até hoje é um símbolo de conhecimento devido as suas contribuições atemporais em diferentes áreas do saber político.

Quer saber mais? Vem com a gente.

A história de Norberto Bobbio

Um dos grandes pensadores do século XX, Norberto Bobbio nasceu em Turim, Itália, no dia 18 de outubro de 1909. Viveu 94 anos, teve uma carreira de sucesso e foi reconhecido não apenas na Itália como também em outros países deixando um grande legado acadêmico.

Bobbio cursou Direito e se licenciou em Filosofia do Direito pela Universidade de Turim, após isso dedicou sua carreira a teoria política e aos direitos individuais. Tornou-se um grande professor, historiador do pensamento político, filósofo e escritor.

O italiano foi também um ativista político. Na década de 1940, a Itália foi imersa na Segunda Guerra Mundial (1939-1945), vivendo sob fortes influências fascistas. Neste cenário, Bobbio uniu-se ao movimento da Resistência de grupos liberais e socialistas que buscavam combater o fascismo e chegou a ser preso em duas ocasiões distintas por motivos políticos.

A primeira prisão ocorreu em 1935, ao lado dos colegas do grupo Justiça e Liberdade. A segunda ocorreu em fevereiro de 1944. Em ambas ocasiões, Bobbio foi visto como um participante ativo na tentativa de derrubar Benito Mussolini.

Durante anos lecionou em diversas Faculdades e esteve ligado a política. No fim da guerra, Bobbio seguiu militando junto ao Partido de Ação e chegou a se candidatar em 1946 a um cargo público na Itália, mas não foi eleito.

Apesar disto, participou ativamente do jogo democrático e foi responsável por reestruturar a política no cenário conturbado do pós guerra ao pensar o direito e as relações de poder  em sociedade. Em paralelo a essas atividades, escrevia constantemente para revistas e jornais divulgando o seu conhecimento.

Em 1984, devido aos seus “méritos sociais, científicos, artísticos ou literários”, Bobbio foi considerado senador vitalício da Itália, nomeação esta entregue pelo então presidente Sandro Pertini.

Suas obras 

Bobbio dedicou-se intensamente a teoria política e ao Direito. Mas os direitos humanos – essencialmente os direitos sociais (sobre educação, saúde e trabalho)-, a ética e o papel do Estado, também fizeram parte de sua carreira e obras.

Ele escreveu sobre muitos temas: democracia representativa, o ofício dos intelectuais, a natureza e as dimensões do poder, sobre a esquerda-direita, o futuro de um socialismo não-marxista e democrático, e a relação entre a ética e política.

O pensamento do autor durante grande parte de sua carreira esteve ligado aos meios intelectuais italianos, mas ao logo dos anos se tornou gradualmente conhecido no mundo.

Entre as obras mais utilizadas academicamente estão o “Dicionário de Política”, escrita juntamente a Nicola Matteucci e Gianfranco Pasquino e “Política e Cultura”.

Por que a obra Dicionário da Política é tão utilizada?

Como dito, devido aos seus estudos de Filosofia e Direito, o filósofo italiano produziu diversas obras importantíssimas ao debate jurídico contemporâneo, principalmente no Brasil.

O “Dicionário da Política” é uma destas obras, pois fornece aos leitores –  especialistas ou não -explicações, interpretações e conceituações simples de termos e palavras importantes no universo e nos discursos políticos.

As mais de 1.300 páginas foram  foram organizadas em verbetes e agrupadas em dois volumes para facilitar as consultas.

Com a obra, Bobbio, Nicola Matteucci e Gianfranco Pasquino tiveram a intenção de demonstrar que a linguagem política é ambígua e pode sofrer diversas mutações. Assim, já na introdução desta os organizadores explicitam que a linguagem política encontra dificuldades em ser ideologicamente neutra, já que as palavras podem ser usadas conforme orientação política dos usuários a fim de gerar reações emocionais – aprovação ou desaprovação, consenso ou dissenso.

Além de fornecer os conceitos de termos políticos, a obra traz a evolução histórica destes. Assim, expõe o uso desses termos em diferentes contextos e circunstâncias.

Publicado em 12 de outubro de 2020.

Redatora voluntária

Julia Ignacio

Internacionalista e estudante de Direito, inclinada a compartilhar conhecimentos e contribuir para uma sociedade mais consciente.

 

 

 

REFERÊNCIAS

E-biografia: Norberto Bobbio

Educação Uol: Resenhas





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here