Mais de 3 mil atendimentos serão feitos, por mês, entre consultas médicas e com a equipe multidisciplinar

 

AGÊNCIA SAÚDE DF

 

O Governo do Distrito Federal inaugurou, nesta segunda-feira (26), o primeiro Centro Especializado de Saúde da Mulher (Cesmu) do DF, como parte das ações comemorativas da campanha Outubro Rosa. A solenidade contou com a presença do governador Ibaneis Rocha, da primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, e do secretário de Saúde, Osnei Okumoto. A previsão inicial é ofertar na unidade em torno de 3.700 atendimentos, por mês, entre 2.800 consultas médicas e 900 consultas com a equipe multidisciplinar.

 

Inauguração contou com a presença do governador Ibaneis Rocha, da primeira dama Mayara Noronha e do secretário de Saúde, Osnei Okumoto – Foto: Geovana Alburquerque/Agência Saúde DF

 

O perfil das pacientes atendidas no Cesmu é as que têm suspeita ou confirmação de câncer ginecológico, que já tenham sido tratadas para outros tipos de neoplasias malignas, bem como mulheres em situação de violência que apresentem comorbidades clínicas como: obesidade, diabetes, lesões cutâneas decorrentes de tratamento de câncer, hiper/hipotireoidismo, dentre outras.

 

No espaço funcionava a policlínica da 514 Sul, que passou por uma pequena reforma antes de ser entregue como Cesmu. A Secretaria de Saúde investiu cerca de R$ 50 mil em adequações e melhorias como pintura, construção de banheiros anexados a consultórios para consulta em ginecologia; instalação de bancadas, armários e isolamento acústico, entre outros. São 15 consultórios, uma sala para a realização de exames de apoio ao diagnóstico, uma sala de vacinas e uma para acolhimento das mulheres.

 

Pacientes como Assussena Nunes, 24 anos, elogiaram as mudanças no local. Como está no sétimo mês de uma gravidez complicada, procurou o Cesmu para ter acesso ao pré-natal de alto risco, e se surpreendeu com as melhorias na unidade. “Ficou tudo muito bonito. Até me sinto bem de ser encaminhada e atendida em um local assim”, elogiou.

 

Assussena Nunes foi uma das atendidas no Cesmu – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

 

Para Ameriana da Conceição, 43 anos, que frequenta a unidade desde os 12 anos de idade, o atendimento também melhorou depois que o espaço se tornou o Cesmu. “Gostei bastante desses serviços voltados diretamente às mulheres. Nos estimula a nos cuidar mais e garante mais acesso da população feminina a uma saúde melhor”, ressaltou.

 

Atendimento de qualidade

 

Durante a inauguração, o governador destacou que faltava no Distrito Federal um centro desse porte para garantir atendimento de qualidade à Saúde da Mulher, em especial pacientes com câncer, que representam cerca de 40% das atendidas no Cesmu. “Tenho certeza de que o atendimento a mais de 3 mil mulheres, por mês, vai ajudar a desafogar a saúde do DF e dar mais qualidade de vida para elas”, afirmou Ibaneis Rocha.

 

Para Ibaneis Rocha, o Cesmu vai desafogar a saúde do DF – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

 

Para reforçar a saúde no Distrito Federal, o governador ainda lembrou de entregas importantes para a população este ano, como o novo Centro de Radioterapia instalado próximo ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Além disso, garantiu que está “fechando a licitação” do Hospital Oncológico, que terá investimento de R$ 119 milhões. “Será um marco na história do Distrito Federal. Aliado ao Centro de Radioterapia, vamos limpar essa fila de tanto horror que existe, dos pacientes com câncer”.

 

Osnei Okumoto lembrou que o atendimento especializado à mulher era “um sonho de muitos anos” dos gestores da Secretaria de Saúde, pois possibilita que as mulheres tenham um acolhimento especial e completo. “Esses profissionais valorosos que temos aqui vão demostrar à população do DF um atendimento exemplar”, comentou.

 

Cesmu vai ofertar 2.800 consultas médicas e 900 consultas com a equipe multidisciplinar – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

 

Equipe

 

A equipe multidisciplinar é formada pelas especialidades de Ginecologia, Enfermagem, Endocrinologia, Dermatologia, Psicologia, Serviço Social, Nutrição, Mastologia com treinamento em biópsia mamária, Homeopatia e Acupuntura.

 

A primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha, destacou a importância do trabalho da equipe do Cesmu, treinados inclusive para dar suporte emocional às pacientes. “A importância é justamente humanizar o atendimento quando a mulher procura por esses serviços”.

 

Secretária da Mulher, Ericka Filippelli, primeira dama Mayara Noronha e o secretário de Saúde, Osnei Okumoto – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

 

A inauguração contou ainda com a participação da secretária da Mulher, Ericka Filippelli, que elogiou o trabalho da equipe do GDF durante a pandemia, para garantir a entrega de obras e unidades importantes iguais ao Cesmu, “como forma de cuidado integral voltado à Saúde da Mulher”.

 

Também participaram da solenidade o secretário de Governo, José Humberto, gestores da Secretaria de Saúde e demais representantes dos Poderes Executivo e Legislativo.

GDF inaugura primeiro Centro Especializado de Saúde da Mulher do Distrito Federal



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here