Segundo informaes do Departamento de Justia (DOJ) dos Estados Unidos, o Google paga “entre US$ 8 bilhes e US$ 12 bilhes” por ano Apple para se manter como a ferramenta primria de busca por todos os dispositivos e plataformas da empresa de Cupertino, do macOS, passando pelo iOS e at a assistente virtual Siri.

Na ltima semana, o DOJ moveu uma ao judicial antitruste contra o Google, alegando que a empresa de Mountain View emprega prticas anticompetitivas que reduzem a capacidade de concorrncia e “monopolizam” o negcio de publicidade digital em resultados de busca – uma das principais fontes de renda da empresa liderada por Sundar Pichai. O Google refutou as acusaes em um post publicado recentemente em seu blog corporativo.

Reprodu

Briga judicial entre o Departamento de Justia e o buscador do Google agora envolve tambm a Apple. Foto: BongkarnGraphic/Shutterstock

Pelo DOJ, a Apple, em 2017, atualizou uma parceria que lhe permitiu manter o buscador do Google como a opo primria em todos os seus dispositivos e servios. O acordo rendeu a Apple o pagamento bilionrio, criando o que o New York Times afirma ser “o maior pagamento feito pelo Google a qualquer empresa”, correspondendo a algo entre “14% e 21% do faturamento anual” da Ma.

A promotoria afirma que o acordo serve como evidncia contra o Google, representando uma tentativa de monopolizar o setor de publicidade digital e buscas online. Pela documentao do processo, quase a metade de todo o trfego do Google Search vem de dispositivos ou servios da Apple, e um cenrio onde a empresa de Mountain View perca essa parceria referido internamente como “cdigo vermelho” ou, de forma mais simples, “aterrorizante”.

Ainda que as empresas sejam concorrentes diretas no mbito de produtos para o setor mobile, o DOJ refere-se ao acordo como “uma unio improvvel de rivais”. A base para as afirmaes do rgo ligado ao governo dos Estados Unidos vem de uma citao a um executivo snior da Apple (no nomeado), que teria afirmado, em 2018, que “nossa viso a de que ns trabalhamos como se fssemos uma s empresa”.

Prtica comum no mercado

Na ltima semana, em seu blog, o Google deu a entender que a prtica de pagar pela exposio ou posicionamento primrio de um servio em qualquer plataforma algo corriqueiro em qualquer mercado. A empresa citou como exemplo a Microsoft, que conseguiu posicionar seu buscador prprio (Bing) em dispositivos iOS, ou a Samsung, ao implementar sua loja de aplicativos prpria em smartphones Android de fabricao prpria.

O processo ainda no tem um calendrio definido de procedimentos e pode levar muitos anos at ser julgado por completo. As possveis penalidades, caso o Google perca, ainda so desconhecidas, mas especulaes posicionam vrias possibilidades, como multas, restries aos negcios movidos a publicidade ou dividir servios e produtos em negcios separados. Esta ltima, especula a publicao, poderiam levar a Apple a criar um servio prprio de busca ou adquiri-lo do Google.

Fonte: The New York Times





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here