Para mostrar o poderio bélico, Estados Unidos e Japão reuniram nesta segunda-feira (26) porta-aviões, destróieres, aviões, soldados, marinheiros e fuzileiros navais na região da Ásia-Pacífico com o objetivo de desafiar a China.

A demonstração de força direcionada para mostrar poder ao regime comunista chinês, contou com exercícios aéreos, marítimos e terrestres, segundo a agência Reuters.

“A situação de segurança em torno do Japão tem se tornado cada vez mais severa. Isto nos dá a oportunidade de demonstrar a força da aliança Japão-EUA”, afirmou o general Koji Yamazaki, comandante de alto escalão do Japão.

O exercício militar recebeu o nome de “Keen Sword” (“Espada Afiada”, em tradução livre) e é o primeiro em larga escala sob o novo premiê japonês, Yoshihide Suga. Todo o treinamento está sendo realizado deverá terminar em 5 de novembro e está sendo realizado no mar da China Oriental.

Realizado de dois em dois anos, o exercício conjunto inclui dezenas de navios de guerra, entre eles os porta-aviões norte-americanos USS Ronald Reagan e seus destróieres de escolta, assim como o porta-aviões japonês Kaga, de 248 metros, centenas de aeronaves e 46.000 militares.





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here