A líder técnica da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a covid-19, disse na semana passada que a “aposta mais segura” para algumas famílias será não realizar as festas de final de ano, especialmente o Natal, a fim de impedir que o coronavírus se espalhe.

“Em algumas situações, a difícil decisão de não ter uma reunião familiar é a aposta mais segura”, disse ela em uma reunião virtual em Genebra.

Curiosamente, a informação reportada por Stephanie Nebehay, Emma Farge e Michael Shielbs acontece em uma festa comemorativa cristã, sendo considerada uma das mais importantes.

A organização sofre por conta de muitas críticas devido a contradições e decisões equivocadas diante da pandemia de coronavírus

O fato de o vírus ter nascido na China, país onde a perseguição contra o Cristianismo tem se intensificado gerou muitas suspeitas sobre a recomendação da OMS, que tem forte alinhamento com o regime comunista de Xi Jinping.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here