Três meses depois da goleada emblemática pelo placar de 5 a 0, em pleno Estádio Moisés Lucarelli, Yuri nega qualquer clima de revanche no lado da Ponte Preta antes do reencontro com a Chapecoense.

Titular nos dois últimos jogos, o lateral-esquerdo garantiu que o resultado, o mais elástico da atual temporada, já ficou no passado nos bastidores da Macaca.

LEIA MAIS: Titular, Yuri minimiza boa fase na Ponte Preta: ‘Ninguém faz nada sozinho’

“O que passou ficou lá atrás. A gente não tem como ficar olhando lá para trás e ficar remoendo aquele resultado. Eu acho que o campeonato já mudou. Agora, são outras coisas no campeonato. Nós estamos vivos no campeonato”, assegurou Yuri, em coletiva.

“Nós vamos em busca da vitória e do G4, sem pensar no que aconteceu lá atrás. Nós estamos pensando, agora, na frente, nos três jogos e no G4. Então aquele resultado não vai interferir em nada na nossa performance. Vamos pensar nesse jogo, que é o que mais importa”, acrescentou.

CHANCE

Com ausência de Guilherme Lazaroni, titular na maior parte do ano graças à dor no músculo adutor da coxa, Yuri ganhou chance contra Cuiabá e Náutico e colaborou com duas assistências.

O camisa 16, com contrato junto à Ponte Preta até 31 de janeiro de 2021, data de encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro, celebrou o bom momento individual recente.

“Estou de titular há dois jogos. Quando eu joguei contra o Cuiabá, eu sabia que, de repente, poderia ser só aquela. Então eu tentei aproveitar da melhor forma e da melhor maneira. A gente sabe que o jogador precisa de sequência, e sequência é importante. Então eu estou tentando fazer o meu melhor. Eu sempre trabalhei e sempre me dediquei. Agora, estou colhendo os frutos do trabalho”, admitiu.

“A gente está acompanhando e conversando entre nós. Desde a outra rodada também, foram resultados bons para nós, que nos mantiveram vivos no campeonato. Então eu acho que foi um resultado importante até para nós jogarmos já sabendo que temos que ganhar. Eu acho que é um combustível a mais. É uma força a mais que nos dá para vencer esse jogo e se manter mais próximo ainda do G4”, completou.

TABELA

Em oitavo lugar com 51 pontos, a Ponte Preta desafia a Chapecoense nesta quinta-feira, na Arena Condá, a partir das 17h45.

Em caso de resultado positivo, Alvinegra fecha a 36ª rodada do torneio nacional na sexta colocação, com dois de desvantagem em relação ao G4.











Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here