O número de casos da covid-19 em acompanhamento no Brasil chegou a 902.480 nesta quinta-feira (21). Divulgado diariamente pelo Ministério da Saúde, o total simultâneo de pacientes nunca havia alcançado um patamar tão alto no país. Entre julho e agosto, momento mais crítico da pandemia em solo nacional até agora, o máximo registrado foi de 817.642.

No fim da semana passada, a soma de doentes em acompanhamento ultrapassou 820 mil. Os dias seguintes mantiveram o crescimento dos números, até o resultado recorde desta quinta. Há 13 dias, a média móvel de novos casos está acima de 50 mil. Além disso, segundo relatório do Imperial College de Londres, a propagação do coronavírus no Brasil está fora de controle.

A taxa de transmissão, calculada pela instituição em nações do mundo todo, chegou a 120 no país. O resultado é referente aos dados compilados até segunda-feira (18). Pelo cálculo, um grupo de 100 pessoas infectadas atualmente tem potencial de passar a covid-19 para outras 120 pessoas. E, a cada novo grupo, os números aumentam.

Segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), nesta quinta-feira (21) foram confirmados 59.119 novos casos da covid-19 no Brasil. O total de pessoas que já teve a doença no país é de quase 8,7 milhões. Em 24 horas, foram relatadas 1.316 mortes. A soma oficial de óbitos por causa da doença está acima de 214 mil. 

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS). A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de “novo coronavírus”. 

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Camila Maciel



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here