O dia 22 de janeiro de 2006 entrou para a história da NBA e do lendário Kobe Bryant. O Los Angeles Lakers recebeu o Toronto Raptors no Staples Center e venceu a partida por 122×104. Com o astro dos Lakers fazendo 81 pontos no jogo.

Kobe liderou os Lakers e anotou incríveis 81 pontos e se tornou o segundo jogador a marcar mais pontos em uma partida, atrás apenas de Wilt Chamberlain, que anotou 100 pontos em 1962, quando ele jogava pelo extinto Philadelphia Warriors em cima do New York Knicks.

Na partida, Bryant acertou 28 dos 46 arremessos que fez, incluindo sete de 13 chutes da linha dos três pontos. Nos lances livres, ele foi quase perfeito, com 18 acertos em 20 tentativas. Totalizando 26 pontos na primeira etapa, e 55 no segundo tempo.

“Aquela noite foi realmente uma ode ao poder da imaginação. Há vários jogadores entrando na NBA que não acham ser possível fazer 80 pontos em um jogo. Nunca tive limites. Eu sempre achei que 80, 90, 100 pontos era possível. Aquele jogo é uma mostra do que acontece quando você não coloca um teto no que é capaz de fazer”, contou o ala-armador, em entrevista à ESPN estadunidense naquele mês.

O astro dos Lakers vivia um excelente momento naquele período, um mês antes contra o Dallas Mavericks, Kobe HBryant fez 62 pontos em apenas três quartos e duas semanas antes do jogo contra os Raptors, fez dois jogos com mais de 50 pontos, marcas impressionantes para um dos maiores jogadores de todos os tempos.











Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here