Entre a derrubada do Parler e a mudança nas políticas de privacidade do WhatsApp, aplicativos de mensagens alternativos e com foco em proteção de dados têm chamado a atenção dos usuários. Signal e Telegram, em especial, estão ganhando espaço e o topo da lista de downloads.

Com toda essa avalanche de informação, aposto que você tem diversas dúvidas. Por isso, o Olhar Digital decidiu comparar o nível de segurança dos três mensageiros.

publicidade

Indo direto ao ponto, o que é visto como mais seguro e privativo é o Signal. O app não armazena dados de usuário, e além de sua capacidade de criptografia, oferece opções estendidas de privacidade. Vale destacar os bloqueios específicos, desfoque do rosto das fotos e mensagens que desaparecem automaticamente.

Já o Telegram, por sua vez, não coleta tantos dados do usuário quanto o WhatsApp, mas ainda guarda informações que podem ser vinculados à sua identidade, como nome, número de telefone, lista de contatos e endereço IP. Diferente do que acontece no Signal e no WhatsApp, as mensagens diretas do Telegram não são criptografadas por padrão. Em vez disso, você deve ativar o recurso nas configurações do aplicativo.

Por fim, no WhatsApp, o nível de segurança é quase igual ao do Signal. A criptografia de ponta a ponta protege as mensagens de serem violadas, mas a plataforma coleta muitas outras informações que podem deixar o usuário preocupado. Alguns exemplos são os dados de uso e publicidade, histórico de compras e informações financeiras.

Falamos de maneira breve sobre cada aplicativo, mas no nosso site você encontra a análise completa sobre o Signal, WhatsApp e o Telegram. Logo após o boletim acesse olhardigital.com.br e confira!

publicidade





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here