A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH), e a Polícia Militar do Estado de Goiás, por intermédio do Batalhão de ROTAM, em uma ação integrada, efetuaram a prisão de Danilo Andrade, vulgo Rajada, suspeito de envolvimento no homicídio de Wesley Cândido Pereira, ocorrido no dia 2 de outubro do ano passado, em uma loja dentro de uma galeria na região da 44, na capital.

Danilo é apontado pela investigação como sendo o a pessoa que efetuou os disparos contra a vítima. Com a sua prisão, todos os envolvidos foram identificados e presos pela força-tarefa criada pela DIH e ROTAM para apuração dos fatos.

Horas após o crime, a força-tarefa já havia identificado e efetuado a prisão em flagrante de outras cinco pessoas envolvidas no crime (mandante, intermediários e coautor). Todos os investigados são traficantes de drogas e integrantes de uma facção criminosa e a motivação do crime está relacionada as atividades criminosas do grupo.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho DIH/DGPC- 09555 dos responsáveis pela prisão, especialmente porque visa a identificação de eventuais crimes outros cometidos pelos suspeitos, bem como surgimento de novas testemunhas.

 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here