Crianças e responsáveis ganharam um ambiente mais receptivo enquanto aguardam atendimento / Foto: Divulgação / SES-DF

A Pediatria do Hospital da Região Leste (HRL), no Paranoá, está de cara nova, com traços adaptados aos pacientes. As áreas de espera interna e externa ganharam cores vivas e desenhos lúdicos criando um ambiente mais receptivo às crianças que aguardam atendimento. O tema do trabalho artístico é: “HRL, Um Novo Olhar”. O projeto foi desenvolvido pela equipe de Acolhimento e Classificação de Risco da unidade. A arte ficou por conta do artista plástico Edevan Lima

“Nós trouxemos uma ideia de melhoria da área de espera da pediatria tornando esse ambiente mais lúdico, acolhedor, humanizado, e com isso, a interação da família do paciente e juntamente com os profissionais para o tratamento da criança. E hoje nós vemos uma população mais feliz, mais acolhida”, explica a supervisora da Classificação de Risco, Patrícia Maria Silva de Andrade.

Mãe e filha no ambiente revigorado / Foto: SES-DF

Cuidado integral

A superintendente da Região de Saúde Leste, Raquel Beviláqua, destacou o trabalho da equipe em organizar e proporcionar uma melhor assistência ao usuário. “Esse é um trabalho lindo da equipe da Classificação de Risco que visa acolher o nosso usuário em um espaço mais humanizado de modo a proporcionar a integralidade do cuidado desde a classificação até o momento da sua alta”, frisa.

Quem aprovou o novo espaço foi a pequena Heloisa Victória, de três anos. Aos cuidados do padrasto Lucas Simões Silva, de 25 anos, a criança tirou fotos nas duas asas de anjos desenhadas na parede e brincou nos desenhos no chão enquanto esperava o retorno da mãe Bruna. A família de São Sebastião foi ao hospital para o teste da orelhinha na filha recém-nascida.

Deram uma melhorada boa. Mesmo aqui não tendo brinquedos, ela brinca só aqui olhando para o chãoLucas Simões Silva, padrasto de Vitória

“Parei aqui, ela já começou a brincar, pular e ver a joaninha. Já falou comigo de tudo. O espaço aqui é muito bom. Deram uma melhorada boa. Mesmo aqui não tendo brinquedos, ela brinca só aqui olhando para o chão”, conta Lucas.

Noite de arte

Vista da área de espera para atendimento na pediatria do Hospital da Região Leste / Foto: Divulgação / SES-DF

Para não prejudicar o fluxo de atendimento dos pacientes no setor, quase todo o trabalho de pintura foi realizado à noite. A iniciativa contou com o apoio da limpeza e segurança. A enfermeira Daniele Mendonça Marques, enfermeira da Classificação de Risco, contou como foi a programação.

“Pela estrutura do hospital, pela questão da rotatividade, do fluxo do setor, que é um ambiente de espera, então aqui não para, e aí foi fechado que ele (artista) que faria toda a arte à noite. Então assim a gente conseguiu isolar. Nenhum paciente passava por aqui durante esse período. Então foi feito à noite, duas noites seguidas, e durante o domingo”, diz.

97.993Número de atendimentos em 2020 no Hospital do Paranoá

Atendimentos no setor

No mês de dezembro, passaram pelo Acolhimento e Classificação de Risco 8.151 pacientes. Ao longo de todo o ano passado, esse número foi de 97.993 atendimentos.

*Com informações da Secretaria de Saúde 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here