Mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já foram formalizados no Congresso Nacional desde 2019. Nenhum deles foi encaminhado pelo presidente da Câmara dos Deputados.

Sai Rodrigo Maia (DEM-RJ), entra Arthur Lira (PP-AL), e a situação permanece a mesma. E não é por falta de indícios de crime.

BdF Explica desta semana analisa os motivos que impedem que esses pedidos de afastamento prosperem. O vídeo abaixo também analisa o que precisaria mudar na conjuntura para criar um ambiente político favorável a um impeachment.

Um dos fatores que torna a situação indefinida é que os integrantes do chamado “centrão”, a direita liberal do Congresso, nunca estão satisfeitos. Eles querem cargos, querem liberação de mais e mais verbas em emendas parlamentares, e esse jogo de barganhas pode custar caro para Bolsonaro.

Além desse jogo político, a economia também deve ser levada em conta. O Brasil não dá sinais de recuperação dos efeitos econômicos da pandemia, e 2021 promete ser um ano de radicalização da pobreza e das desigualdades. Nas ruas, os pedidos de “Fora, Bolsonaro” continuam sendo encampados pelos movimentos populares.

Confira:

Edição: Leandro Melito



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here