Nesta segunda-feira (15), o Brasil registrou a segunda pior média móvel de óbitos por covid-19 desde a chegada do coronavírus ao país. De acordo com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o resultado foi de 1.086.

Calculada pela soma de todos os registros dos últimos sete dias, dividida por sete, a conta chegou a 1.102 no domingo (14). Com isso, se igualou ao cenário mais negativo já observado até então, em 25 de julho.

Há quase um mês, o resultado passa de 1 mil a cada 24 horas. É o segundo período mais longo de patamares dessa natureza.

Somente nesta segunda (15), foram confirmadas 528 mortes. O total de óbitos causados pelo coronavírus no Brasil chegou a 239.773.

:: Número semanal de mortes pela covid no Brasil é o segundo pior da pandemia ::

O vírus já infectou mais de 9,8 milhões de pessoas em território nacional. Nas últimas 24 horas, 23.856 pessoas no país receberam a notícia de que estão contaminadas.

Pazuello investigado

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a realização de diligências da Polícia Federal para o inquérito que apura as responsabilidades do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na crise no Amazonas.

Com isso, os agentes estão autorizados a colher depoimentos de servidores da pasta e das secretárias de Saúde do estado e da capital Manaus e acessar trocas de e-mails e dados sobre gastos com remédios sem eficácia para a doença.

EntendaAmazonas mantém alta de casos de covid; PGR abre apuração sobre conduta de Pazuello

A região vive situação dramática desde o fim do ano passado, quando o número de contaminados e mortos passou a subir de maneira alarmante. A crise terminou em colapso do sistema de saúde e óbitos por falta de oxigênio.

A decisão do Supremo é assinada pelo ministro Ricardo Lewandowski e atende a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Na requisição, a PGR pede também que sejam ouvidos representantes da empresa White Martins, que diz ter alertado o governo sobre os estoques baixos de oxigênio.

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS).

A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de “novo coronavírus”. 

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo.

A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

 

Edição: Leandro Melito



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here