O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), usou o Twitter para alertar os deputados da Frente Parlamentar Evangélica sobre voto favorável a manutenção da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Malafaia avisou que o “deputado evangélico que votar em favor dessa aberração jurídica de manter um deputado preso por suas falas, vou denunciar as evangélicos, para nunca mais ser votado por nós”. O pastor já havia gravado um vídeo comentado o ocorrido.

Prisão

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) mandou prender o deputado federal por criticas feitas pelo parlamentar contra os integrantes da Corte. A ordem de prisão foi expedida após publicar vídeo nas redes sociais criticando os ministros.

A prisão do deputado acabou sendo mantida pelo Plenário da Corte, que também estabeleceu que a Câmara dos Deputados deveria decidir se mantém ou não o deputado preso, apesar de juristas apontarem que a decisão é inconstitucional.

Censura

O ministro também determinou que o YouTube censure o vídeo publicado pelo parlamentar, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. Ele também classificou as opiniões críticas do parlamentar como condutas criminosas e que configuram flagrante delito.

“As condutas criminosas do parlamentar configuram flagrante delito, pois na verifica-se, de maneira clara e evidente, a perpetuação dos delitos acima mencionados, uma vez que o referido vídeo permanece disponível e acessível a todos os usuários da rede mundial de computadores”, escreveu.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here