O Atlético de Madrid recebeu o Levante neste sábado (20), pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol. Com apenas uma derrota até a aqui na competição, a equipe comandada pelo técnico Diego Simeone precisava da vitória para se manter isolada na liderança. Para um melhor desempenho ofensivo, a equipe contou com o retorno de João Félix, recuperado de Covid-19, na equipe titular. Apesar disso, Morales e de Frutos marcaram os gols da vitória ao Levante.

No começo do jogo, a partida começou bem estudada e com poucas chances de gols. Na última quarta-feira (17), os times já haviam se enfrentado pelo Campeonato Espanhol e o jogo terminou empatado por 1 a 1. Aos 21 minutos, Giménez arriscou de fora da área, mas mandou por cima a chance do Atlético de Madrid abrir o placar.

O goleiro Cárdenas, do Levante, começou então a aparecer para o jogo. Após bola lançada a frente para Suárez, o uruguaio bateu cruzado, mas parou em boa defesa de Cárdenas. Quando o Levante chegou com maior perigo, o gol saiu. Em boa jogada pela esquerda, a bola foi cruzada para a área e afastada mal pela zaga do Atlético. Morales arriscou de primeira, a bola desviou em Giménez e entrou: Levante 1 a 0.

O Atlético de Madrid ainda tentou oferecer perigo à meta adversária, mas pouco exigiu do goleiro Cárdenas. O lance de maior perigo veio apenas aos 41 em finalização de Hermoso de fora da área.

Atlético de Madrid domina, cria chances, mas para em tarde inspirada de Cárdenas e leva o segundo

Na volta para a segunda etapa os times voltaram sem alterações, mas não demorou até o Atlético de Madrid fazer sua primeira mudança. Com dificuldades para furar o sistema defensivo do Levante, Simeone resolveu colocar a campo Lemar e tirou o zagueiro Giménez.

Aos 12 minutos, Suárez apareceu com liberdade e finalizou firme, mas a bola pegou na trave de Cárdenas. No minuto seguinte quem tentou foi João Félix, que parou em boa nova intervenção do goleiro do Levante. Melhor no jogo, o Atlético de Madrid ainda optou por mais alterações no sistema ofensivo, sendo uma delas a entrada de Ángel Correa.

Aos 22, João Félix apareceu novamente em boas condições para marcar, mas Cárdenas, em noite inspirada, salvou mais uma vez, agora com o pé. Precisando de mais volume ofensivo, Simeone ainda promoveu a estreia do francês Dembélé, que foi contratado junto ao Lyon.

O francês chegou a ter boa chance aos 44, quando entrou na área pela direita e chutou firme, mas foi travado pela marcação. Já nos acréscimos, Lemar finalizou firme de perna esquerda da entrada da grande área, e Cárdenas salvou mais uma.

No desespero, o Atlético de Madrid mandou até mesmo o goleiro Oblak para o ataque em cobrança de escanteio. Na bola afastada pela zaga, o Levante aproveitou em velocidade e, no chute sem goleiro do meio campo, De Frutos deu números finais ao jogo: Levante 2 a 0.

Com o resultado negativo, o Atlético de Madrid segue com 55 pontos ganhos, sendo seis a mais do que o rival Real Madrid, que tem 49. O Barcelona, que está em terceiro com 46, também pode alcançar a pontuação e assumir a vice-liderança.

Na próxima partida o Atlético de Madrid vai voltar o foco para a Liga dos Campeões. Na terça-feira (23), o clube da capital espanhola recebe o Chelsea, da Inglaterra, no primeiro jogo da fase de oitavas do torneio. Pelo Campeonato Espanhol o próximo desafio será apenas no dia 27 de fevereiro, quando visita o Villarreal. Já o Levante só vai jogar agora no dia 26 de fevereiro, diante do Athletic de Bilbao, na condição de mandante.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.











Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here