O confronto entre Corinthians e Vasco sempre foi cercado por grande rivalidade. Neste domingo, em Itaquera, além do caráter decisivo da partida, o clássico terá um tempero especial para os torcedores, que anseiam muito mais do que apenas os 3 pontos.

Para o corintiano o jogo representa a revanche de poder decretar o rebaixamento do Vasco. Em 2007, também na 37ª rodada do Brasileirão, o Cruz-Maltino venceu o Corinthians por 1 a 0, em pleno Pacaembu. A derrota não sacramentou, mas foi determinante para a queda do Timão para a Série B, já que o time empatou com o Grêmio e foi ultrapassado pelo Goiás, que venceu o Internacional na última rodada.

Já para o vascaíno, uma vitória representa quebrar um tabu que mais parece uma maldição. O Vasco não vence o Corinthians desde 2010, quando bateu o adversário por 2 a 0, gols de Éder Luís e Zé Roberto, em São Januário. Desde então foram 19 partidas, com 7 empates, 12 derrotas, 32 gols sofridos e apenas 11 marcados, nenhum em Itaquera, estádio que o Cruz-Maltino sequer pontuou.

O Corinthians ainda sonha com uma vaga na próxima edição da Libertadores, mas sabe que a chance é mínima. No entanto, se sair de campo sem ser derrotado, já dará ao seu torcedor o sentimento de vingança. Quanto ao Vasco, apenas a vitória interessa e mesmo assim ela não é o suciente para saciar o seu torcedor e escapar da degola.

A situação no Brasileirão é extremamente complicada, mas ainda possível de ser contornada. Se o “Milagre de Itaquera” acontecer, quem vai questionar que o Vasco não vai se livrar do rebaixamento? Tudo é uma questão de fé e o vascaíno não cansa de demonstrar que esse sentimento é infinito.

Inscreva-se no canal do ENM no Youtube!











Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here