SÃO PAULO – A queda da taxa Selic para a mínima histórica de 2% ao ano em agosto de 2020 foi responsável por levar muitos investidores a migrarem parte de suas economias da renda fixa para a Bolsa.

Já em 2021, após a forte alta das ações ao longo dos últimos meses, e com as perspectivas de que o Banco Central (BC) inicie em breve um processo de alta da taxa básica de juros, os fundos de renda fixa da família de crédito privado despontam como uma das principais alternativas para a diversificação do portfólio no mercado local.

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here