O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou em entrevista à GloboNews neste domingo (28) que a instituição deve entregar em torno de 20 milhões de doses da vacina Coronavac, contra a Covid-19, até o final de março.

Segundo o diretor, os laboratórios do Butantan estão trabalhando dia e noite para acelerar a entrega de doses do imunizante. “Foi possível adiantar a produção prevista e nós vamos trabalhar nesse sentido”, declarou Covas.

publicidade

Dos cerca de 20 milhões de doses prometidas, em torno de 5,6 milhões serão entregues até o dia 13 de março e o restante será entregue ao longo de todo o mês.

vírus do coronavírus sendo abarcados por uma máscara com a bandeira do reino unido, país está sendo atacado por nova variação do coronavírus
Sinovac realiza testes na China sobre a eficácia da Coronavac contra a variante inglesa

Novas variantes

Dimas Covas também comentou sobre a efetividade da vacina do laboratório chinês Sinovac em prevenir a infecção pelas novas variantes do Sars-Cov-2. De acordo com ele, como a vacina é produzida com a tecnologia de vírus inativado, deve sim ser efetiva contra as novas cepas.

“O teste da utilização contra a variante P1 está sendo feito no Butantan e em breve vamos ter os primeiros resultados”, declarou Covas.

Porém, o médico ponderou que será necessário aguardar a conclusão dos estudos para poder afirmar com certeza qual o nível de eficácia da Coronavac para prevenir as variantes amazônica, britânica e sul-africana.

publicidade

“Com relação à variante inglesa e a sul-africana, foram feitos testes lá na China e, embora não divulgados oficialmente, os resultados foram muito positivos”, completou

Entrega de 600 mil doses

Neste domingo (28), o Instituto Butantan entregou 600 mil doses do imunizante para o Ministério da Saúde. Com mais este lote, o número de doses entregues pela instituição ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) já totaliza 3,753 milhões.

Segundo dados do Our World in Data, até o momento, em torno de 6,5 milhões de brasileiros já receberam ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19, o que representa em torno de 3% da população do país.

Via: UOL

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here