O apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, teve seu sigilo bancário quebrado por determinação da Justiça de São Paulo. A decisão foi proferida pela juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo.

A juíza busca saber se os bens da Mundial se confundem com o do seu fundador, o que pode trazer graves consequências para Valdemiro.

Também foi determinada a quebra de sigilo bancário de Mateus Machado de Oliveira, presidente em exercício da igreja.

O apóstolo Mateus afirma que as investigações fazem parte de uma dívida da igreja e que eles não podem ser atingidos pela cobrança. “Valdemiro Santiago não faz parte do contrato social da igreja e nem assinou o contrato de locação como fiador”, afirmam os advogados do apóstolo no processo.

A cobrança é de um imóvel na cidade de Guararema, no interior paulista, no valor de cerca de R$ 22 mil em aluguéis não pagos pela igreja. O proprietário pretende que o apóstolo e o presidente da igreja sejam responsabilizados pela dívida.

No processo, o proprietário do imóvel afirma que Valdemiro leva uma vida “nababesca” enquanto a igreja responde a mais de mil processos por dívidas não pagas. “É pública e notória a sua conexão com a Mundial”, afirma no processo. Ele acusa Valdemiro de tentar “ocultar” o patrimônio.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here