O aumento exponencial de casos positivos de Covid-19 e, consequentemente, o crescimento no número de óbitos no Brasil foi tema da entrevista coletiva de Fábio Moreno, após derrota da Ponte Preta diante do Santo André, na última quinta-feira à noite.

O treinador da Macaca alertou sobre o risco do novo coronavírus para familiares dos jogadores e também aos profissionais do dia a dia do clube.

+ Ponte Preta joga mal e é derrotada pelo Santo André no Moisés Lucarelli

“Realmente é muito preocupante essa situação do coronavírus no Brasil. Estão crescendo os casos. Estão crescendo as mortes. É muito pior do que estava no ano passado. Então, se no ano passado a gente teve o entendimento de que precisava repensar todas as situações de futebol, de lockdown, de se manter em casa e cuidar mais da saúde, eu acho que o cuidado agora tem que ser redobrado, porque a gente ainda não tem vacina para todo mundo”, pontuou o comandante alvinegro.

“A gente tem problemas ainda para administrar na questão da saúde pública. Então é muito importante manter a cabeça no lugar. Que as autoridades tenham bom senso. A gente, aqui do futebol, é privilegiado, porque a gente é testado regularmente. Ainda assim, a gente sofre com casos. A gente se mantém isolado. A gente se mantém em concentração. O clube toma todas as precauções, e a gente ainda é contaminado”, emendou.

PREOCUPANTE

A Ponte Preta registrou, horas antes de entrar em campo contra o Ramalhão, no Estádio Moisés Lucarelli, mais quatro casos de Covid-19 no elenco: o goleiro Pedrão, o zagueiro Rayan, o volante Barreto e o meio-campista Camilo.

“A gente tem, hoje, no clube, quase oito, 10% de pessoas que tiveram o contato com o vírus. Isso daí mostra o tamanho do problema que a gente enfrenta. Então mais do que os atletas, os funcionários, os nossos familiares, que a gente tem que chegar em casa, tem que se cuidar”, disse Fabinho.

“A gente tem que se preocupar com os nossos pais, com os nossos filhos, com as nossas esposas. Então eu acho que a gente tem que pensar bem e ter um bom senso para que a gente não coloque nada, além da vida, em primeiro lugar”, arrematou.

E AGORA?

Com um ponto conquistado em duas rodadas no Campeonato Paulista, a Ponte Preta volta a campo no próximo domingo, 07 de março, diante do Corinthians, em Itaquera, às 11h.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.











Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here