Um procedimento a partir de células-tronco para recuperar lesões graves, realizado no Hospital de Base, foi um sucesso e mostrou excelentes resultados no tratamento de uma paciente com hanseníase. É o que constataram os cirurgiões plásticos responsáveis, Márcia Moreira e Pedro Brandão, após avaliarem a recuperação de Cleuza de Oliveira, 56 anos.

De acordo com a médica, as células-tronco possibilitaram uma adesão muito boa do enxerto de pele feito na paciente para tapar os ferimentos e aceleraram a cicatrização do tecido. “Conseguimos obter melhor qualidade estética da ferida e mais elasticidade da pele, dando um ar mais natural a ela”, relata Márcia.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here